domingo, 16 de outubro de 2011

Dupla de Felipes brilha nos 100 m peito e garante a 1ª dobradinha do Brasil no Pan

 Felipe França e Felipe Lima se cumprimentam após a dobradinha dos 100m peito no Pan
Campeão mundial nos 50m peito, prova que não é disputada nas Olimpíadas, Felipe França provou neste domingo que vai brigar no topo nas Olimpíadas, com um grande resultado no Pan-Americano de Guadalajara. Ele havia prometido o ouro nos 100m peito, esta sim uma distância olímpica, e o conquistou, em sua estreia em Pans. De quebra, o Brasil conquistou uma dobradinha, com Felipe Lima chegando em segundo, na primeira dobradinha verde-amarela no México.

Favorito ao passar pelas eliminatórias com o melhor tempo, Felipe repetiu o domínio na prova para bater na frente e ficar com o título com o tempo de 1min00s34.

O xará Felipe Lima foi bem nas braçadas finais para "roubar" a prata dos concorrentes, numa disputa forte com os norte-americanos, como era esperado.

"(Deus) me deu fôlego para que acabasse a prova", afirmou Felipe França, à Record, exausto com o esforço. "Nem pensei na dor, nem pensei em nada, só em chegar. Vi que estava na frente e fui para o ouro."
Já Felipe Lima se mostrou contente com o resultado, mas não escondeu que queria tomar o ouro do xará e compatriota. "Foi uma dobradinha do Brasil, deu tudo certo. Fizemos uma prova forte e sabíamos que os norte-americanos vinham bem. Não deu para ganhar, mas infelizmente não deu. Parabéns para o Felipe França", disse o medalhista de prata.

Os dois haviam obtido bom desempenho nas eliminatórias e avançaram com os primeiro e quarto tempos – França (1min0071) e Lima (1min02s24). E encerraram suas participações individuais com atuação de gala. Agora, apenas um deles será o titular no revezamento 4x100 m medley.

Roberta Nomura
Em Guadalajara (México)

Nenhum comentário: