Páginas

quinta-feira, 20 de janeiro de 2022

Ao menos 3 estados têm cerca de 80% dos leitos de UTI para Covid ocupados; confira

 


O aumento no número de novos casos da Covid-19 em razão da variante ômicron, mais transmissível, e de pacientes com Influenza tem pressionado neste início de ano as redes hospitalares, refletindo na taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Ao menos três estados – Pernambuco, Espírito Santo e Ceará-, estão com taxa de ocupação em torno de 80%. Confira a taxa de ocupação dos leitos de UTI no país por Covid ou Covid e Influenza*:

  • Acre: 30%
  • Alagoas: 48%
  • Amazonas: 66,67%
  • Bahia: 59%
  • Ceará: 78,72%
  • Espírito Santo: 79,17%
  • Minas Gerais: 25,85%
  • Paraná: 57%
  • Paraíba: 23%
  • Pernambuco: 86%
  • Piauí: 57,4%
  • Rio Grande do Norte: 52,1%
  • Rio Grande do Sul: 54,7%
  • Santa Catarina: 41,25%
  • São Paulo: 51,7%
  • Tocantins: 70%

(*Algumas taxas representam o percentual somente na rede pública estadual ou toda a rede pública e outras incluem a rede privada. Confira abaixo)

Veja a situação mais detalhada por estado:

Acre

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, a rede pública tem 20 leitos de UTI para Covid, dos quais seis estavam ocupados na manhã desta quarta – o que representa uma taxa de ocupação de 30%. Esses leitos atendem toda a demanda de UTI Covid do estado.

Em 17 de março do ano passado, pico da pandemia no estado, a ocupação na UTI chegou a 100%, e pacientes tiveram de ser transferidos para Manaus.

Alagoas

Segundo a secretaria estadual de Saúde, dos 397 leitos UTI e enfermaria da rede SUS, 48% estão ocupados. Esses leitos são exclusivos para pacientes com Covid e Influenza e incluem os destinados ao público adulto, pediátrico e obstetrício.

No ano passado, a situação chegou a ficar crítica nos meses de maio e junho. Em maio, a taxa de ocupação de leitos de UTI para Covid chegou a 100% em três municípios do interior. Em Maceió, a taxa atingiu 90% de ocupação. No mês de junho, a ocupação ainda continuava no patamar de 90%.

Amazonas

No Amazonas, os 120 leitos de UTI para Covid ficam todos na capital, Manaus, e estão com taxa de ocupação de 66,67%. Os dados incluem os leitos municipais, estaduais, federais e privados, tanto para o público adulto quanto pediátrico.

Bahia

A Bahia tinha 1.309 leitos ativos para tratamento da Covid-19. Segundo dados de terça-feira (18), 772 estão com pacientes internados, o que representa taxa de ocupação geral de 59%.

Desses leitos, 545 são de UTI adulto e estão com taxa de ocupação de 65% (352 leitos ocupados). Nas UTIs pediátricas, 19 das 29 vagas estão com pessoas internadas, o que representa taxa de ocupação de 66%. Os leitos clínicos para adultos estão com 53% de ocupação e os infantis, com 72%.

Em Salvador, dos 325 leitos ativos, 234 estão ocupados (72% de ocupação geral). A taxa de ocupação dos leitos de UTI adulto é de 64% e o pediátrico está em 60%.

Em comparação, no dia com o maior número de casos no estado, registrado em 9 de junho de 2021, a ocupação chegou a 84% (sendo que o número de leitos disponíveis era maior: 1.623)

Na data em que houve recorde de mortes na Bahia, em 7 de abril de 2021, a taxa de ocupação foi de 82%. Nesse dia, o estado tinha 1.539 leitos de UTI e 1.267 pessoas internadas.

Ceará

O Ceará registrou nesta quarta-feira (19) 78,72% de ocupação nos leitos de UTI por Síndromes Respiratórias Gripais, como a Covid-19 e Influenza A, em hospitais públicos e privados. O dado consta da plataforma IntegraSUS.

O aumento da ocupação pelas síndromes respiratórias fez o Governo do Ceará suspender as cirurgias eletivas nos hospitais públicos estaduais no início do mês. A mesma medida foi adotada pelo Hospital Unimed Fortaleza na terça-feira (18).

As maiores ocupações foram registradas nos leitos de UTI neonatal com 100% e UTI infantil, com 90% de ocupação. Já a UTI adulto registrou 76,96% de ocupação e a UTI gestante 62,5%.

Em Fortaleza, Hospital Leonardo da Vinci, unidade de referência no tratamento de casos de Covid-19 no estado, está com 44 dos 45 leitos de UTI para pacientes com síndromes respiratórias gripais ocupados. Na rede particular, o Hospital São Carlos está com 11 dos 15 leitos da UTI adulto ocupados.

Em março de 2021, pico da pandemia no estado, a taxa de ocupação chegou a 100% dos leitos na época.

Espírito Santo

Em todo o Espírito Santo, a taxa de ocupação dos leitos de UTI destinados a pacientes com Covid-19 até a última atualização era de 79,17% (incluindo leitos em hospitais municipais, estaduais, federais e privados).

Em março do ano ano passado, quando o sistema hospitalar do estado esteve sob maior pressão na pandemia, esse índice chegou a 96%.

Minas Gerais

Em relação ao estado, a taxa de ocupação de leitos UTI SUS Covid é 25,85%, de acordo com boletim divulgado nesta quarta-feira (19). São leitos públicos (municipais e estaduais). O boletim não considera os hospitais privados. Em fevereiro, eram 2.072 leitos UTI SUS e, agora, são 4.181.

De acordo com boletim de terça-feira (18) divulgado pela prefeitura, Belo Horizonte tem 82,1% de leitos de UTI ocupados, somando o SUS e a rede suplementar (municipal, estadual, federal e privados). São leitos destinados a pacientes com Covid-19. A conta considera leito adulto, pediátrico e obstetrício.

Nos meses de março e abril do ano passado, a taxa de ocupação de UTI no estado atingiu 100%.

Paraná

Segundo dados de terça-feira (18) da secretaria de Saúde, os leitos exclusivos para adultos com Covid no SUS estava com taxa de ocupação de 57%. Na enfermaria, esse índice era de 63%

No caso da UTI pediátrica no SUS, os 5 leitos estavam vazios, mas 40% dos leitos em enfermaria pediátrica estavam ocupados. Não tem dados sobre a rede privada.

A taxa de ocupação mais alta desde o início da pandemia foi em março de 2021, com 97% das 1.639 UTIs adultas das quatro macrorregiões ocupadas.

No caso de Curitiba, dados da Secretaria Municipal de Saúde mostram que, na terça (18), a taxa de ocupação dos 97 leitos de UTI SUS exclusivos para Covid-19 estava em 64%.

Pernambuco

Na terça-feira (18), as UTIs de Pernambuco estavam com de 86% de ocupação na rede pública e de 63% na rede privada. As enfermarias públicas tinham ocupação de 71% e as particulares, de 27%.

Num dos piores momentos da pandemia no estado, em março de 2021, o percentual de ocupação de UTI na rede pública atingiu esses mesmos 86%.

Piauí

O estado do Piauí está com 57,4% dos seus 148 leitos para Covid ocupados (incluindo leitos adultos e pediátricos nas redes privada e pública).

Na capital Teresina, essa taxa está em 60,7% de ocupação (84 leitos do total)

No pior momento da pandemia no estado, a taxa de ocupação chegou a 94,9% em 18 de abril de 2021 nas vagas de UTI no estado. Na capital, esse índice foi de 93% de ocupação.

Rio Grande do Norte

No Rio Grande do Norte, considerando todos os leitos públicos destinados para pacientes com Covid (estaduais, municipais, federais), a taxa de ocupação na UTI é de 52,1%, com 62 pacientes.

Segundo o boletim epidemiológico divulgado pela secretaria de Saúde do RN , na rede privada, a taxa de ocupação era de 24% na segunda-feira (18).

No momento mais crítico da pandemia, em 31 de maio de 2021, a ocupação chegou a 99% de ocupação dos 406 leitos disponíveis de UTI.

Rio Grande do Sul

No Rio Grande do Sul, do total de 3.169 leitos de UTI destinados para pacientes adultos com Covid, 54,7% (ou 1.735) estavam ocupados – incluindo leitos municipais, estaduais, federais e privados.

No fim de fevereiro e em março de 2021, essa taxa ficou acima dos 100% por vários dias, quando houve o colapso na rede hospitalar.

Naquela época, a secretária da Saúde do Rio Grande do Sul, Arita Bergmann, alertou para o risco de esgotamento da capacidade do sistema de saúde do estado no combate ao coronavírus. A titular da pasta afirmou enxergar “o pico do Everest”, em menção à situação da pandemia no RS, e chegou a dizer que estavam “apavorados”.

Santa Catarina

Segundo informações da manhã desta quarta-feira (19), os leitos de UTI na rede SUS destinados apenas para Covid estão com 41,25% de taxa de ocupação ( 224 dos 543 leitos disponíveis).

Considerando Covid e as demais doenças, a taxa de ocupação é de 74,45% nos leitos de UTI da rede SUS. No total, são 1.397 leitos ativos em hospitais municipais, estaduais, federais ou filantrópicos. Desses, 1.040 estão ocupados.

Em Florianópolis, a taxa de ocupação de UTI para Covid é de 70,37%. Considerando as demais doenças, esse índice chega a 85,81%.

São Paulo

No estado de São Paulo, a taxa de ocupação de leitos de UTI para Covid estava em 51,7% nesta quarta-feira (19), incluindo hospitais públicos e privados. O número de leitos é de cerca de 4.300, mas varia diariamente, porque, quando necessário, o estado aumenta esse número remanejando os leitos comuns.

Na Grande São Paulo, o percentual ocupado de leitos de UTI é de 58,3%.

Tocantins

No estado do Tocantins, a taxa de ocupação geral dos leitos de UTI para Covid nos hospitais estaduais é de 70% nesta quarta-feira, com 72 dos 103 leitos com pacientes, segundo dados da seretaria estadual.

Fiocruz desenvolve dois testes para diagnóstico da Covid-19



A Fiocruz acaba de finalizar o desenvolvimento de dois novos testes moleculares para o diagnóstico da Covid-19 e um desses teve seu pedido de registro submetido, nessa terça-feira (18/1), à Anvisa, Agência Nacional de Vigilância em Saúde (Anvisa). 

O primeiro teste do Kit Molecular é do tipo RT-PCR que diferencia os vírus da Influenza A, B e do Sars-CoV-2, possibilitando o diagnóstico destas doenças em um único teste. 

Já o outro teste desenvolvido, o kit molecular Quadriplex vai permitir a detecção e triagem das variantes Alfa, Beta, Gama, Delta e Ômicron do vírus Sars-CoV-2, também com a tecnologia RT-PCR.

Seu uso é indicado para o diagnóstico e triagem viral a partir da identificação de cepas potencialmente importantes para a saúde pública e vigilância epidemiológica do país, designadas pela Organização Mundial da Saúde  como variantes do novo coronavírus .
 
O resultado desse teste indica a presença ou não dessas variantes. Para a identificação da variante ainda seria necessário o sequenciamento genético da amostra. O teste Quadriplex deverá ser submetido para registro junto à Anvisa até a próxima semana. 

quarta-feira, 19 de janeiro de 2022

Prefeito Dr. Tadeu anuncia o CANCELAMENTO DO CARNAVAL PÚBLICO DE CAICÓ

 


O prefeito de Caicó, Dr Tadeu, reuniu alguns dos seus auxiliares na tarde desta quarta-feira, 19, e anunciou o cancelamento do CARNAVAL PÚBLICO da cidade.

Seria colocar em risco a vida das pessoas. Mesmo que tivesse protocolo, a gente não teria segurança“, disse o gestor.

Sobre o carnaval do setor privado, Dr. Tadeu disse que fará o ‘acompanhamento epidemiológico’ e poderá intervir se for o caso. “Se for preciso tomar uma decisão drástica, nós tomaremos’, disse o prefeito. 

Por Gláucia Lima 

RN distribui mais doses para vacinação de crianças

 


A campanha de imunização contra a Covid-19 no Rio Grande do Norte ganhou reforço nas doses pediátricas destinadas às crianças com idades entre 5 e 11 anos. A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) distribui mais 20.900 doses nesta quarta-feira (18).

No carregamento estão 3.500 doses destinadas às populações indígena e quilombola dos municípios que responderam o questionário da imunização. “Foi feito um levantamento de quantas crianças com idade entre 5 e 11 anos existem nas comunidades e prontamente organizamos as equipes para que a vacinação ocorra o mais rápido possível”, disse Kelly Lima, coordenadora de Vigilância em Saúde da Sesap. 

O Rio Grande do Norte tem hoje cerca de 350 mil crianças na faixa etária de 5 a 11 anos. O primeiro lote chegou com 20.900 doses – menos de 10% da necessidade. “A nossa expectativa é recebermos lotes semanais e prosseguir com a vacinação, sem descontinuidade, para salvar vidas”, declarou a coordenadora.

Os municípios estão orientados a aplicar primeiro nas crianças com comorbidades, autismo e deficiencia permanente. Como comorbidades entende-se crianças com cardiopatia crônica, pneumopatia crônica, imunodepressivos, doença renal crônica, asma, doença neurológica crônica, doença hepática crônica, síndrome de Down, doença hematológica crônica, Diabetes Mellitus e obesidade.

Para a imunização é importante cadastrar as crianças como dependentes de pais ou responsáveis no portal RN + Vacina – https://rnmaisvacina.lais.ufrn.br/cidadao/.

Garantia-safra vai beneficiar 74 mil agricultores familiares

 


O pagamento do benefício Garantia-Safra vai atender mais de  74 mil agricultores familiares que aderiram ao programa na safra 2020/2021. 

Neste mês, vão receber o pagamento agricultores dos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Sergipe. 

O montante autorizado para esses agricultores ultrapassa R$ 63 milhões de reais. 

Em decorrência das medidas de enfrentamento da pandemia do Covid-19, o pagamento integral do benefício Garantia-Safra será realizado em parcela única de R$ 850 reais.

O Garantia-Safra visa a manutenção da segurança alimentar de agricultores familiares que residam em regiões sistematicamente sujeitas à perda de safra por razão da estiagem ou excesso de chuvas. 

Têm direito a receber o benefício os agricultores com renda mensal de até um salário mínimo e meio, quando tiverem perdas de produção em seus municípios igual ou superior a 50%.

Brasil ultrapassa 340 milhões de doses de vacinas aplicadas


O Brasil ultrapassou a marca de 340 milhões de doses de vacinas aplicadas contra a Covid-19 nessa  terça -feira(18) e ocupa a quarta posição entre os países que mais imunizaram contra a doença.

Nas últimas 24 horas, mais de 3 milhões de aplicações foram registradas nos sistemas do Ministério da Saúde.

Hoje a pasta deve concluir a entrega de 10 milhões e 500 mil doses do imunizante  aos estados e ao Distrito Federal. 

Nessa remessa, são  encaminhadas 8 milhões e 900 mil Vacinas   da Pfizer destinados a terceira dose  que deve ser aplicada quatro meses após a segunda. Mais 336 mil doses da vacina da Janssen também fazem parte dessa distribuição.

Fausto Silva testa positivo para Covid-19

 

Cumprindo os protocolos determinados pelo corpo médico da Band, Fausto Silva fez o exame PCR para detecção da Covid-19 e o resultado deu positivo. O apresentador está assintomático, passa bem e seguirá trabalhando em casa cumprindo a quarentena. 

As gravações do programa Faustão na Band estão suspensas. Como há edições já gravadas da atração até a próxima quarta-feira (26), a exibição não será afetada. O apresentador deve retomar as gravações já no início da semana que vem.

Pandemia “não está nem perto do fim”, alerta OMS

 

A pandemia da Covid-19 não está nem perto do fim. O alerta foi feito pelo diretor da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, que advertiu sobre a ideia errada de que a variante Ômicron seria menos agressiva. As declarações do diretor da OMS foram repercutidas durante entrevista em Genebra.

De acordo com Tedros, a variante Ômicron tem sido responsável pelo aumento de hospitalizações e mortes, e mesmo em casos menos graves tem provocado novas internações. “Não se enganem, a Ômicron causa hospitalizações e mortes”, alertou.

Por conta do atual cenário, onde a imunização global ainda permanece abaixo dos patamares recomendados, a OMS prevê a possibilidade de outras variantes surgirem.

Anvisa deve aprovar nesta quarta (19) o uso de autoteste de Covid

 

A diretoria colegiada da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) deve aprovar nesta quarta-feira (19) o uso do autoteste de Covid-19 no Brasil.

O Ministério da Saúde pediu na última quinta-feira (13) para a agência liberar o exame que pode ser feito em casa. Utilizado há meses em outros países, os autotestes são proibidos no país por causa de uma resolução da Anvisa de 2015.

Pela regra, o ministério precisa propor uma política pública para liberar a entrega dos exames ao público leigo. O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, já sinalizou que os produtos não devem ser comprados pelo governo federal.

Técnicos da agência também tentavam levar para a mesma reunião a votação sobre pedido de uso da Coronavac para o público de 3 a 17 anos. Mas a análise da diretoria deve ser feita em outra data, ainda nesta semana, pois alguns pareceres sobre a vacina estão sendo finalizados.

A tendência é aprovar o autoteste e o uso da Coronavac em crianças e adolescentes, mas a decisão final depende do voto da maioria dos cinco diretores da Anvisa.

A testagem no Brasil está centrada em clínicas, farmácias e serviços públicos, que não estão conseguindo atender à demanda diante da circulação da variante ômicron.

Entidades científicas cobraram, na semana passada, uma política de testagem mais ampla do governo federal e a permissão do exame em casa. A procura pelos testes disparou com o avanço da contaminação na virada do ano.

O ministro Queiroga disse que o autoteste pode desafogar as unidades de saúde, mas afirmou que a compra do produto para o SUS pode não ter o efeito desejado.

“O Brasil é um país muito heterogêneo, de muitos contrastes. A alocação deste recurso para aquisição de autoteste, distribuir para a população em geral, pode não ter resultado da política pública que nós esperamos”, disse o ministro no último dia 14.

Presidente-executivo da CBDL (Câmara Brasileira de Diagnóstico Laboratorial), Carlos Gouvêa disse à Folha que os autotestes devem ser mais baratos que exames de antígeno vendidos em farmácia. “Hoje a gente vê valores de R$ 70 a R$ 150 (de testes de antígeno) nas farmácias. O autoteste deve ficar de R$ 45 a R$ 70”, afirma Gouvêa.

Na proposta envidada à Anvisa, o ministério orienta que pacientes que detectaram a infecção pelo autoteste procurem atendimento em unidade de saúde ou teleatendimento para confirmar o diagnóstico e receber orientações.

Segundo a mesma nota, a autotestagem é uma estratégia adicional para prevenir e interromper a cadeia de transmissão da Covid-19, juntamente com a vacinação, o uso de máscaras e o distanciamento social.

Vacina A campanha de vacinação das crianças foi aberta na última sexta-feira (14), com o imunizante da Pfizer destinado ao grupo de 5 a 11 anos. O primeiro imunizado foi Davi Seremramiwe Xavante, um menino indígena de 8 anos.

Integrantes da Anvisa afirmam que algumas condições podem ser definidas para aprovar a Coronavac para o grupo de 3 a 17 anos. Entre elas, que o laboratório paulista se comprometa a gerar dados sobre o uso das doses no Brasil, além de apresentar o desfecho de estudo global que está sendo conduzido na China, África do Sul, Chile, Malásia e Filipinas.

Os pareceres das áreas técnicas devem apontar que a vacina demonstra dados sólidos de segurança. Além disso, destacar que o imunizante é largamente aplicado nos mais jovens em outros países, como o Chile. O país andino já imunizou 1,4 milhão de pessoas entre 3 e 17 anos.

O Ministério da Saúde avalia usar a Coronavac em crianças, caso haja aprovação da Anvisa. Como a vacina é do mesmo modelo aplicado em adultos, estados já se planejam para destinar doses estocadas ao público mais jovem.

A vantagem da Coronavac é a disponibilidade de doses, devido ao fato de que o imunizante parou de ser usado pelo governo federal.

A vacinação de crianças e adolescentes é tema sensível no governo Jair Bolsonaro (PL), pois o mandatário distorce dados e desestimula a imunização dos mais jovens. Ele chegou a ameaçar expor nomes de servidores da Anvisa que aprovaram o uso de vacinas da Pfizer em crianças.

Em nota divulgada no último dia 8, o presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres, rebateu insinuações de supostos interesses escusos da Anvisa na vacinação de crianças, e cobrou retratação do presidente.

Caixa paga hoje Auxílio Brasil para cadastrados com NIS terminado em 2

 


A Caixa Econômica Federal paga, nesta quarta-feira (19), a terceira parcela do Auxílio Brasil às famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com o Número de Identificação Social (NIS) final 2.

A terceira parcela incluirá 3 milhões de famílias, aumentando para 17,5 milhões o total de famílias atendidas.

Cada uma delas receberá um repasse mínimo de R$ 400. De acordo com o Ministério da Cidadania, o investimento total para os pagamentos supera R$ 7,1 bilhões.

Confira o calendário:

Final do NISDia do pagamento
118 de janeiro
219 de janeiro
320 de janeiro
421 de janeiro
524 de janeiro
625 de janeiro
726 de janeiro
827 de janeiro
928 de janeiro
031 de janeiro

Auxílio Gás

O Auxílio Gás também paga hoje – retroativamente – às famílias cadastradas no CadÚnico, com o NIS terminado em 2, e segue o mesmo calendário regular de pagamentos do Auxílio Brasil.

Com duração prevista de cinco anos, o programa beneficiará 5,5 milhões de famílias até o fim de 2026 com o pagamento de 50% do preço médio do botijão de 13 quilos a cada dois meses. Atualmente, a parcela equivale a R$ 52.

Para este ano, o Auxílio Gás tem orçamento de R$ 1,9 bilhão. Só pode fazer parte do programa quem está incluído no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e tenha pelo menos um membro da família que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC). A lei que criou o programa definiu que a mulher responsável pela família terá preferência, assim como mulheres vítimas de violência doméstica.

Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio estimado em R$ 16 milhões

 


A Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira (19) um prêmio acumulado e estimado em R$ 16 milhões. As seis dezenas do concurso 2.445 serão sorteadas, a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo o país ou pela internet.

De acordo com a Caixa, caso apenas um apostador ganhe o prêmio da faixa principal e aplique o valor na poupança, receberá  R$ 96,5 mil de rendimento no primeiro mês. A aposta simples, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50.

Nos pênaltis, Santos elimina Mirassol e vai à semifinal da Copinha



O Santos disputará uma semifinal de Copa São Paulo de Futebol Júnior pela primeira vez desde 2014. Nesta terça-feira (18), o Peixe derrotou o Mirassol nos pênaltis, por 3 a 1, após empate por 2 a 2 no tempo normal, na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara (SP), pelas quartas de final. O goleiro Diógenes, com duas defesas, foi o herói da classificação.

O adversário na briga por um lugar na decisão será o América-MG, às 20h (horário de Brasília) de sexta-feira (20), no estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP). Mais cedo, o Coelho fez 1 a 0 sobre o Botafogo no estádio Zezinho Magalhães, em Jaú (SP).

Na última vez que chegou à semifinal, o Alvinegro levou o título da Copinha. O goleiro João Paulo, atualmente titular da equipe profissional, fez parte do time que bateu o Corinthians por 2 a 1 na decisão, realizada no Pacaembu, em São Paulo. Em obras, o estádio não poderá ser utilizado na final deste ano.

Apesar do ímpeto ofensivo apresentado pelas equipes durante a competição, o primeiro tempo foi morno, com leve superioridade do Mirassol, até os 38 minutos, quando o Santos abriu o placar. O lateral Lucas Pires recebeu do meia Ed Carlos pela esquerda e cruzou para o atacante Rwan Seco balançar as redes de cabeça. Aos 41, a equipe do interior reclamou de um pênalti do volante Jhonnathan no lateral Frank. O árbitro Paulo César Francisco entendeu que o lance foi fora da área.

Logo no começo da etapa final, o Peixe parecia encaminhar a vitória. Aos seis minutos, o zagueiro Jair lançou Ed Carlos, que ajeitou de costas para o atacante Lucas Barbosa encontrar Rwan Seco na área. O camisa 10 tirou a marcação e marcou o segundo gol dele na partida e o sexto na Copinha, ficando a um do atacante Figueiredo, do Vasco, que lidera a artilharia.

O Mirassol não sentiu o baque e buscou o empate. Aos 29 minutos, após cobrança de falta do atacante Wesley pela esquerda, da intermediária, o meia Gabriel Tota, de cabeça, fez o primeiro do Leão. O Santos recuou e o time do interior tomou conta das ações ofensivas. Aos 43, Wesley bateu escanteio pela direita e o zagueiro Pedro Rinaldi, também de cabeça, igualou o marcador. Apesar das paralisações, o árbitro deu somente dois minutos de acréscimo e encerrou o jogo antes dos 47 minutos.

A reação do Mirassol, porém, não foi além. Nos pênaltis, Diógenes defendeu as cobranças de Gabriel Tota e do lateral Moreira. Na terceira batida santista, Jhonnathan chutou para fora. Wesley teve a chance de diminuir o prejuízo do Leão, mas errou a cavadinha e mandou por cima. Em seguida, Lucas Barbosa deslocou o goleiro Vinícius e decidiu a vitória alvinegra nas penalidades por 3 a 1.

O outro confronto semifinal será definido nesta quarta-feira (19). Às 19h, o Palmeiras enfrenta o Oeste na Arena Barueri. Em seguida, às 21h30, o São Paulo pega o Cruzeiro no Anacleto Campanella.

Fifa abre processo para compra de ingressos da Copa do Mundo do Catar


A Fifa iniciou, nesta quarta-feira (19), o processo de compra de ingressos para os jogos da Copa do Mundo do Catar, que acontecerá entre os dias 21 de novembro e 18 de dezembro deste ano.

O portal de ingressos da Fifa pode ser acessado aqui.

Nesta primeira etapa, que foi iniciada às 07h da manhã, no horário de Brasília, e vai terminar no dia 8 de fevereiro, os torcedores manifestam apenas o interesse em adquirir ingressos para a Copa.

“Neste período inicial, não fará diferença se as inscrições forem enviadas no primeiro dia, no último dia ou em qualquer momento intermediário, pois todos os ingressos serão alocados após o encerramento do período de inscrição de ingressos”, explica a Fifa.

No caso de jogos nos quais tenham mais interessados do que ingressos disponíveis – tanto para o público do Catar quanto internacional –, a Fifa alocará os ingressos por meio de um processo de sorteio aleatório.

Todos os candidatos para a compra de ingresso serão notificados até o dia 8 de março sobre o resultado de seus pedidos.

A Fifa também informou que, no futuro, pretende oferecer uma segunda oportunidade para conseguir os ingressos em modalidade de “primeiro a chegar, primeiro a ser servido”. Os detalhes ainda serão divulgados.CNN tentou entrar no portal de ingressos da Fifa às 07h. Pela procura de torcedores, foi formada uma fila virtual, sendo possível a entrada no portal somente cerca de 25 minutos depois.

Após cadastro no sistema da Fifa, são oferecidas três modalidades de compra diferentes. A primeira é a mais comum, de ingressos para partidas individuais.As instruções explicam que cada torcedor pode tentar adquirir até seis ingressos por modalidade de compra.

Há um limite de 60 ingressos por pessoa ao longo de toda a Copa do Mundo.A segunda modalidade de compra foi criada especialmente para a Copa do Catar, e oferece ingressos para quatro partidas em estádios diferentes.A pequena distância entre os estádios é um dos destaques dos organizadores. A maior distância entre as sedes é de 75km, e a menor de apenas 5km.

A terceira e última modalidade de compra oferecida serve aos torcedores que querem acompanhar todos os jogos de uma mesma seleção.

O menor pacote inclui os três jogos já garantidos da fase de grupos, mas há a possibilidade de compra para todos os jogos até a final – independentemente da equipe avançar no campeonato.Caso a seleção escolhida seja eliminada, o torcedor poderá colocar seus ingressos para revenda na plataforma oficial da Fifa. “A Plataforma de Revenda da Fifa e a Política de Revenda serão disponibilizadas oportunamente”, informou a organização.

Os ingressos da Fifa são divididos de categoria 1 a 4 – que vai dos maiores preços e localizações na arquibancada mais próximas do centro do campo, até os mais acessíveis e localizados na região atrás dos gols.

Desde 2010, os ingressos da categoria 4 são restritos para moradores do país sede.

CNN selecionou o pacote que permitiria acompanhar a Seleção Brasileira desde o primeiro jogo até o sonhado Hexa.O pacote com as sete partidas na categoria mais acessível (3) custam 5.885 riais catarianos, equivalentes a 8.998 reais, na cotação atual. Na melhor categoria (1), o valor chega a 15.708 riais catarianos, equivalentes a 24.019 reais.

No caso de um ingresso individual para a final da Copa, o ingresso mais barato, na categoria 3, sai por no mínimo 2.200 riais catarianos, equivalentes a 3.363 reais. Os ingressos mais caros disponíveis custam 5.850 riais catarianos, equivalentes a 8.944 reais.

As últimas etapas do processo pedem que o torcedor preencha um formulário com dados pessoais, como endereço, número do passaporte e seleção pela qual torce.

Para aqueles que planejam ir em grupos assistir aos jogos da Copa, a Fifa oferece o “Group ID”. Essa opção permite que amigos ou familiares preencham um mesmo número de identificação e sejam sorteados juntos para a compra de ingressos.Por fim, a Fifa pergunta se o torcedor aceitaria ser sorteado para uma categoria de ingressos que ele não escolheu, na tentativa de aumentar as chances de sucesso. O processo é concluído sem a necessidade de preencher qualquer meio de pagamento.

terça-feira, 18 de janeiro de 2022

Grana ou Fama é destaque no Faustão na Band nesta terça


Grana ou Fama’, o show de talentos do ‘Faustão na Band’, é o grande destaque desta terça-feira (18) no programa. A competição traz artistas de todo o Brasil, que devem conquistar o auditório e os jurados para levar o prêmio de R$ 25 mil para casa. Performances de dança, música e ilusionismo estão entre as seis atrações da noite. Prepare-se para se encantar com apresentações brilhantes!

O júri especial conta com o cantor e apresentador Ronnie Von, a atriz Bianca Rinaldi e o colunista do UOL Chico Barney. Que time de peso, hein?



Sisu e Prouni abrem inscrições em fevereiro; Fies, em março

 


O Ministério da Educação (MEC) divulgou hoje (18) o calendário de inscrições para os processos seletivos de ingresso ao ensino superior. Os estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já podem se organizar para concorrer às vagas. A previsão é que os editais dos três processos seletivos sejam publicados no Diário Oficial da União ainda nesta semana.

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) poderão ser feitas do dia 15 ao dia 18 de fevereiro. Já o prazo de inscrição para o Programa Universidade para Todos (Prouni) será de 22 a 25 de fevereiro. E, no início de março, do dia 8 ao dia 11, poderão se inscrever os candidatos ao Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), que este ano oferta 110.925 vagas.
O número de vagas disponíveis no Sisu e no Prouni será divulgado em breve, assim como os três editais contendo os cronogramas completos e todos os critérios dos processos seletivos de 2022.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas, exclusivamente, pela internet. A classificação é feita com base na nota obtida na edição mais recente do Enem. Pode concorrer às vagas do Fies quem fez qualquer uma das edições do Enem a partir de 2010.

Programas

O Prouni oferece bolsas de estudo, integrais e parciais (50%), em instituições particulares de educação superior. Para concorrer às bolsas integrais, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário mínimo. Para as bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser até 3 salários mínimos por pessoa.

Podem se inscrever no Prouni apenas estudantes brasileiros sem diploma de curso superior que tenham participado do Enem mais recente e obtido, no mínimo, 450 pontos de média das notas. Além disso, o candidato não pode ter tirado zero na redação.

O Fies tem objetivo de conceder financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos, com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC. O programa é dividido em diferentes modalidades, possibilitando juros zero a quem mais precisa e uma escala de financiamentos que varia conforme a renda familiar do candidato.

Já o Sisu é o sistema informatizado do MEC, no qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para estudantes participantes do Enem. Os candidatos com melhor classificação são selecionados.

Boletim do Hospital Regional do Seridó não registra óbitos por Covid-19 e taxa de ocupação de leitos de UTI é de 80% nesta terça

 


Boletim Covid-19
Hospital Regional Telecila Freitas Fontes
18/01/22
▪️
Esse boletim é referente a pacientes internados nas últimas 24 horas no Hospital Regional do Seridó.

TOTAL de leitos COVID-19 no HRS:
25 leitos (10 intensivos e 15 clínicos)
▪️

vacinasalvavidas

nãoaglomere

higienizeasmãos

▪️
@hrserido


Menina de 8 anos é a primeira criança a receber vacina em Natal

 


A campanha de vacinação contra a Covid-19 para o público infantil, de 5 a 11 anos, foi iniciada nesta terça-feira (18), em Natal.  A abertura do ponto exclusivo da Prefeitura do Natal, montado no Shopping Midway Mall, contou com o Mickey Mouse, as princesas Merida e Elsa e a equipe de teatro da educação de trânsito da STTU para receber o público. 

Nina Tavares Marinho, 8 anos, portadora de doença respiratória foi a primeira a ser vacinada na capital.  “Essa vacina representa alívio, estou muito segura para sair, mandar para escola e voltar à rotina”,  disse Márcia Marinho, mãe da criança.

O secretário de saúde de Natal, George Antunes e a adjunta Rayanne Araújo acompanharam o lançamento da campanha. “É muito satisfatório ver essa população sendo vacinada, o entusiasmo dos pais a gente vê no olhar. Vacina salva!”, disse Antunes.

“Para marcar o lançamento contamos com apoio dos parceiros como STTU e B&P personagens que tornaram o momento mais lúdico e deixou de lado o medo da vacina”, complementou a adjunta Rayanne. Por iniciativa da SMS Natal todas as crianças vacinadas recebem um certificado de coragem pelo fato de terem enfrentado a agulha. 

Inicialmente, na capital, a vacinação infantil acontece para o público de 5 a 11 anos com deficiência permanente ou com comorbidade, sendo necessário que os pais ou responsável apresentem qualquer documento comprobatório.

A SMS Natal destinou pontos exclusivos para vacinação desse público, no Shopping Midway Mall – de terça-feira a sábado, das 10h às 21h, e aos domingos, das 15h às 21h; no Partage Norte Shopping –  terça-feira a domingo, das 14h às 20h. Além desses pontos, a SMS Natal disponibiliza duas Unidades Básicas de Saúde, por Distrito Sanitário, com  funcionamento de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 15h, com intervalo de uma hora para almoço. Confira os locais:

Norte 1

UBS Pajuçara: Rua  Maracaí, S/N, Conjunto  Pajuçara 
USF Nova Natal : Rua  Do Pastoril, Nova Natal, Lagoa Azul

Norte 2

USF Vale Dourado:  Rua Irmã Vitória, N° 02, Igapó
USF Panatis:  Rua Das Pimenteiras, S/N, Panatis

Sul

UBS Ponta Negra: Rua Dr. José Medeiros, 01. Ponta Negra
UBS Planalto: Rua Mira Mangue, 08. Planalto

Leste

USF Rocas: Rua Francisco Bicalho, S/N, Rocas
UBS Alecrim: Rua Fonseca e  Silva, N° 1129, Alecrim

Oeste

UM Felipe Camarão II: Rua Santa Cristina, N° 882, Felipe Camarão
USF Bairro Nordeste: Rua alto da Bela Vista, N° 492, Bairro Nordeste


DECRETO: Governo do RN recomenda aos municípios a suspensão de todos os eventos de rua até 16 de fevereiro

 


O Governo do Estado publica no Diário Oficial desta terça-feira (18), o Decreto n° 1.265, de 17 de janeiro de 2022, com regras para contenção da transmissão da nova variante da Covid-19 – a Ômicron – e do vírus da gripe influenza. 

As medidas foram discutidas durante todo o dia com representantes do empresariado, do Tribunal de Justiça, dos Ministérios Públicos Estadual, Federal e do Trabalho, do Tribunal de Contas do Estado, da Defensoria Pública Estadual, da Procuradoria Geral do Estado, da Universidade Estadual do RN e com prefeitos através da federação e associações de municípios.

O decreto traz medidas baseadas na Recomendação n° 33 do Comitê de Especialistas da SESAP/RN para o Enfrentamento da Pandemia pela COVID-19. As medidas são a exigência do passaporte vacinal, como já existe, com maior rigor para os eventos públicos e privados, bares e restaurantes, tanto em áreas fechadas como em áreas livres com capacidade acima de 100 pessoas. Centros comerciais e shoppings com ar-condicionado também devem exigir o passaporte da vacina.

Recomenda ainda aos municípios a suspensão de todos os eventos de rua até 16 de fevereiro, uma vez que nestes casos não é possível exigir o passaporte vacinal.

As novas regras começam a vigorar na próxima sexta-feira, dia 21/01. Há a possibilidade de rediscussão das medidas dentro do prazo de vigência, se a situação de contágio se reverter significativamente.

Permanece em vigor o dever geral de proteção individual no Estado do Rio Grande do Norte, consistente no uso obrigatório de máscara de proteção facial por todos aqueles que, independentemente do local de destino ou naturalidade, ingressarem no território do Rio Grande do Norte.

Os suspeitos por apresentarem sintomas da COVID-19 deverão ser afastados de todas as atividades e instruídos a permanecer em isolamento total, nos termos do Guia de Vigilância Epidemiológica do Ministério da Saúde, caso confirmada a contaminação ou inconclusivos os resultados dos exames, até que sejam cessados, neste último caso, os motivos da suspeita de contaminação.

Os segmentos socioeconômicos de alimentação, a exemplo de bares e restaurantes, bem como centros comerciais, galerias e shopping centers que utilizem sistema artificial de circulação de ar deverão realizar o controle de entrada de cada indivíduo nas suas dependências, mediante comprovação do esquema vacinal em conformidade ao calendário de imunização, nos termos do Decreto Estadual nº 30.940, de 30 de setembro de 2021. Ficam dispensados da obrigatoriedade prevista no caput deste artigo os estabelecimentos de alimentação em locais abertos com capacidade máxima de 100 pessoas.

Os municípios também foram orientados a reorganizar as feiras livres e similares, de modo a assegurar o distanciamento social, evitando-se aglomeração de pessoas e contatos proximais, mantendo as condições de higiene dos respectivos ambientes.

Para cumprimento das disposições contidas no decreto, o Estado do Rio Grande do Norte disponibilizará suas forças de segurança aos municípios, por meio das operações do Programa Pacto Pela Vida. Fernando Mineiro, coordenador do Pacto Pela Vida, destaca a importância na condição de agente fiscalizador.

MOTIVOS PARA AS NOVAS RECOMENDAÇÕES

Alta instabilidade provocada pela variante Ômicron, da Covid-19, e que alguns eventos realizados não têm cumprido os protocolos sanitários estabelecidos;

Vivemos hoje uma epidemia de pelo menos dois vírus de transmissão respiratória, a Influenza e o SARS-Cov2, com recrudescimento dos casos da covid-19 de maneira global;

Considerável aumento de casos diários de covid-19 em todas as regiões de saúde do RN, conforme dados do boletim epidemiológico da Sesap;

Sobrecarga dos serviços de urgência em saúde.

Neste domingo (16), o site de acompanhamento dos dados da Pandemia da covid-19 no RN (covid.lais.ufrn.br) apontava 4.901 casos de covid-19 no mês de janeiro. O número ultrapassa o total de casos registrados em todo mês de dezembro, que foram de 4.796.

RECOMENDAÇÕES DO COMITÊ CIENTÍFICO

Cancelar grandes eventos até controle da situação, conforme orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), considerando a circulação da variante Ômicron;

Exigência do certificado de vacinação (ou documento similar) das doses 1 e 2, e também a D3 nos casos cabíveis, para acesso a bares, restaurantes, shoppings e similares;

Em caso de descumprimento à recomendação, aplicação de multas previstas em lei para estabelecimentos que desrespeitarem os protocolos sanitários do estado;

Realizar busca ativa da população que está atrasada em relação à segunda dose ou que ainda não foi vacinada;

Continuar comunicando a existência dos grupos vulneráveis para desenvolver formas graves e morte, que continuam sendo os idosos, imunodeprimidos e gestantes, devendo ser desenvolvidas atividades de proteção a esses grupos;

Retomar atividades remotas para todos os sintomáticos e grupos de risco e promover testagem ampliada aos sintomáticos.

CARNAVAL

Catorze cidades potiguares já cancelaram o Carnaval 2022: Natal, Parnamirim, Caicó, Macau, Areia Branca, Apodi, Tibau do Sul, Assu,  Pendências, Grossos, Dix-sept Rosado, Alexandria, Upanema e Almino Afonso.

No Brasil, 19 das 27 capitais não vão realizar carnaval de rua em 2022.

DADOS GERAIS DA COVID-19

Dados parciais – 16 de janeiro de 2022 (atualizado às 12h30)

Casos Confirmados: 394.291

Estimativa de casos em acompanhamento: 6.293

Óbitos Confirmados: 7.602 + Óbitos Suspeitos: 1.460

A Sesap explica que os dados são parciais diante da dificuldade no acesso ao Esus-VE, que passou parte do dia 15/01/22 intermitente, dificultando a inserção de registros.

TAXA DE OCUPAÇÃO DE LEITOS CRÍTICOS

RN – 36,2%

Região Metropolitana – 40,3%

Oeste – 37,1%

Seridó – 13,3%

São 46 pessoas em leitos críticos com covid e 25 com outras síndromes respiratórias.

Nos leitos clínicos, são 29 com covid e 25 não covid.