sábado, 27 de agosto de 2011

Santana no Amapá também acessa o blog do Paulo Júnior

Agradecemos aos internautas da cidade de Santana, no Amapá que acessam o blog do Paulo Júnior. Conheça mais sobre a cidade de Santana.

Santana teve início do agrupamento populacional em Ilha de Santana, localizada em frente, à margem esquerda do rio Amazonas, em 1753. Os primeiros habitantes eram moradores portugueses e mestiços vindos do Pará, além de índios Tucuju, comandados pelo desbravador português Francisco Portilho de Melo, que evadiu-se para esta região fugindo das autoridades fiscais paraenses em razão do comércio clandestino de escravos e metais.
Em 1956, foram descobertas jazidas de manganês na cidade, e isso fez com que aumentasse a população da região. Posteriormente, foi construída a ferrovia Santana - Serra do Navio, o que também ajudou para que a cidade se tornasse mais populosa. No dia 17 de dezembro de 1987, Santana se tornou um município.
O nome Santana é homenagem a padroeira do lugar, Santa Ana, mãe de Maria Santíssima Atualmente a cidade possui aproximadamente 100.000 habitantes e fica distante da capital Macapá 30 km.
Economicamente a cidade se destaca no setor primário pela a criação de gado bovino, bubalino e suíno, a atividade pesqueira e a extração da madeira, além da venda de produtos tipicamente nortistas; e a Área de Livre Comércio de Macapá e Santana - ALCMS.
Os principais eventos da cidade são: a festa de Santa Ana, em 27 de julho, o Santana na Roça, no período das festas juninas, o festejo do Divino Espírito Santo em 2 de janeiro e em 29 de junho os festejos em louvor à Mãe de Deus.
Mapa de localização dos municípios de Macapá e Santana.
                  Foto aérea da cidade de Santana no estado do Amapá na região norte do Brasil.
                                  Foto aérea do porto da cidade de Santana no estado do Amapá.

                                              Porto da cidade de Santana no estado do Amapá, Brasil.

    Navio sendo carregado no porto de Santana cidade do estado do Amapá na região norte do Brasil.

Nenhum comentário: