sexta-feira, 29 de março de 2013

Significado da Sexta-Feira Santa



A Sexta-feira Santa, ou 'Sexta-feira da Paixão', é a Sexta-feira antes do Domingo de Páscoa. É a data em que os cristãos lembram o julgamento, paixão, crucificação, morte e sepultura de Jesus Cristo, através de diversos ritos religiosos.
Segundo a tradição cristã, a ressurreição de Cristo aconteceu no domingo seguinte ao dia 14 de Nisã, no calendário hebraico. A mesma tradição refere ser esse o terceiro dia desde a morte. Assim, contando a partir do domingo, e sabendo que o costume judaico, tal como o romano, contava o primeiro e o último dia, chega-se à sexta-feira como dia da morte de Cristo.
A Sexta-feira Santa é um feriado móvel que serve de referência para outras datas. É calculado como sendo a primeira Sexta-feira de lua cheia após o equinócio de outono no hemisfério sul ou o equinócio de primavera no hemisfério norte, podendo ocorrer entre 22 de março e 25 de abril.
Na Igreja Católica, este dia pertence ao Tríduo pascal, o mais importante período do ano litúrgico. A Igreja celebra e contempla a paixão e morte de Cristo, pelo que é o único dia em que não se celebra, em absoluto, a Eucaristia.
Por ser um dia em que se contempla de modo especial Cristo crucificado, as regras litúrgicas prescrevem que neste dia e no seguinte (Sábado Santo) se venere o crucifixo com o gesto da genuflexão, ou seja, de joelhos.
No entanto, mesmo sem a celebração da missa, tem lugar, no rito romano, uma celebração litúrgica própria deste dia. Tal celebração tem alguma semelhança com a celebração da Eucaristia, na sua estrutura, mas difere essencialmente desta pelo facto de não ter Oração eucarística, a mais importante parte da missa católica.
A celebração da morte do Senhor consiste, resumidamente, na adoração de Cristo crucificado, precedida por uma liturgia da Palavra e seguida pela comunhão eucarística dos participantes. Presidida por um presbítero ou bispo, paramentado como para a missa, de cor vermelha, a celebração segue esta estrutura:
•Entrada em silêncio do presidente e dos ministros, que se prostram em adoração diante do altar oração colecta.
•Liturgia da Palavra: leitura do livro de Isaías (quarto cântico do servo de Javé, Is 52,13-53,12), salmo 31 (30), leitura da Epístola aos Hebreus (Hebr 4, 14-16; 5, 7-9), aclamação ao Evangelho e leitura do Evangelho da Paixão segundo João (Jo 18,1-19,42, geralmente em forma dialogada).
•Homilia e silêncio de reflexão.
•Oração Universal, mais longa e solene do que a da missa, seguindo o esquema intenção – silêncio – oração do presidente.
•Adoração da Cruz: a cruz é apresentada aos fiéis e adorada ao som de cânticos.
•Pai Nosso
•Comunhão dos fiéis presentes. Toma-se pão consagrado no dia anterior, Quinta-Feira Santa.
•Oração depois da comunhão.
•Oração sobre o povo.
Obs: Em muitas cidades históricas como: Paraty, Ouro Preto, Pirenópolis e Jaraguá - GO a Celebração da Paixão e Morte do Senhor é procedida da Procissão do Enterro, também conhecida como Procissão do Senhor Morto, em que são cantados motetos em latim.
Toda a liturgia católica deste dia está em função de Cristo crucificado. Assim, a liturgia da Palavra pretende introduzir os fiéis no mistério do sofrimento e da morte de Jesus, que assim aparece como uma acção livre de Cristo em ordem à salvação de toda a humanidade.
A veneração da cruz, símbolo da salvação, pretende dar expressão concreta à adoração de Cristo crucificado.
A comunhão eucarística é, para a Igreja, a forma mais perfeita de união com o Mistério pascal de Cristo, e por isso é um ponto culminante na união dos fiéis com Cristo crucificado. O fato de se comungar do pão consagrado no dia anterior vem exprimir e reforçar a unidade de todo o Tríduo Pascal.
Além da celebração da Paixão do Senhor, rezam-se as diversas horas litúrgicas da Liturgia das Horas.
A Igreja exorta os fiéis a que neste dia observem alguns sinais de penitência, em respeito e veneração pela morte de Cristo. Assim, convida-os à prática do jejum e da abstinência da carne.
Exercícios piedosos, como a Via Sacra e o Rosário, são também recomendados como forma de assinalar este dia especialmente importante para a fé cristã. 
Fonte: www.catolicismoromano.com.br

Padre Jocimar Dantas terá audiência na Infraestrutura e FUNASA na próxima semana


Na próxima terça-feira, dia 2 de abril, o Prefeito de Jardim do Seridó, Padre Jocimar Dantas (PMDB), acompanhado do deputado estadual Hermano Morais (PMDB) será recebido em audiência pela Secretária de Estado da Infraestrutura, Kátia Pinto e pelo superintendente estadual da FUNASA (Fundação Nacional de Saúde), Antonio Bezerra. Na pauta, pavimentação de ruas e o saneamento básico de Jardim do Seridó. “Vamos verificar in loco como andam esses dois importantes projetos”, disse Padre Jocimar.

As duas audiências foram marcadas pelo deputado estadual, Hermano Morais enquanto fazia uma visita de cortesia ao prefeito jardinense, na última quarta-feira (27). “Sabemos dos compromissos políticos de Padre Jocimar Dantas para com o colega de partido e deputado estadual Nelter Queiroz, não estamos aqui para tomar nenhum espaço, pelo contrário, só queremos também contribuir com o desenvolvimento desta cidade que nos acolheu tão bem”, observou Hermano.

Por sua vez, o Chefe do Executivo reiterou o seu compromisso com o deputado estadual, Nelter Queiroz (PMDB), a quem o tem como o seu padrinho político. No entanto, Padre Jocimar declarou que Hermano Morais também está ajudando o município e por isso não fará qualquer tipo de restrição a esse projeto de reeleição. “Recentemente, Hermano Morais destinou uma emenda parlamentar de calçamento no valor de quase 200 mil reais para Jardim do Seridó e por isso merece o nosso respeito, admiração e atenção”, afirmou.

Por Josimário Nunes 

INSTITUIÇÕES DISCUTEM PROJETO DE PREVENÇÃO DAS DEFICIÊNCIAS PARA CAICÓ


reuniao deficiente
Representantes de várias instituições estiveram reunidos na tarde desta quarta-feira (27), no Palácio da Cidadania, com o objetivo de discutirem um Projeto de Prevenção das Deficiências na cidade de Caicó. 

O encontro faz parte das comemorações dos 40 anos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE de Caicó. Estiveram presentes a Presidente da APAE, Maria Gildete, o Secretário Municipal de Saúde, Galvão Freire, Presidente do Conselho de Saúde, Procópio Lucena e representantes da IV Ursap, Hospital do Seridó, CRI, Associação dos médicos, UFRN e Associação dos Deficientes Físicos (Adefic). 

“Foi um encontro positivo, não só para a APAE, mas para Caicó, que discutiu um projeto amplo para os deficientes da nossa cidade. Todas as instituições comprometeram-se em continuar esse debate, que é bastante importante nossa cidade”, disse Maria Gildete, Presidente da APAE. Para o Secretário de Saúde, Galvão Freire, é importante debate dessa natureza para que se possa discutir sobre a saúde caicoense. “No que for preciso, a Secretaria de Saúde estará com certeza empenhada na buscar de melhorar nossa Saúde e ajudar as pessoas com deficiência”, frisou.

Deputado Hermano Morais realiza visita de cortesia ao Prefeito Padre Jocimar Dantas


O prefeito de Jardim do Seridó, Padre Jocimar Dantas (PMDB) recebeu nesta quarta-feira (27) em sua residência, o deputado estadual Hermano Morais (PMDB) em uma visita de cortesia. “Padre Jocimar é uma pessoa na qual eu tenho a maior estima e respeito. E claro, passando pelo Seridó não poderia deixar de visitá-lo, assim como fiz com outros amigos que nos ajudaram a chegar a Assembleia Legislativa. Desde já, agradecemos o carinho como fomos recebidos pelo Padre Jocimar que por sinal, tem um futuro brilhante pela frente”, declarou.

Em visita a região Seridó, Hermano Morais esteve ainda em Lagoa Nova, Currais Novos e Carnaúba dos Dantas. O parlamentar aproveitou oportunidade, para prestar contas do seu mandato e citou algumas ações em favor da população desta região do Estado para combater os efeitos da seca, sua luta em favor do setor ceramista, entre outras. O deputado finalizou a sua agenda na cidade de Caicó, onde acompanhou a vitória do América sobre o Coríntians pelo placar de 2 a 0.

“Temos buscado soluções junto aos órgãos competentes, desde as obras estruturantes, como a perfuração de poços e nos empenhado na Assembleia pela luta do pequeno e médio produtor rural nas renegociações de suas divididas e buscar novos créditos junto aos bancos para manter o seu rebanho. Recentemente, também abraçamos a bandeira do setor ceramista que começou em Carnaúba dos Dantas e que hoje é uma causa de todo o Estado”, enfatizou Hermano.

Sabedor que assim como ele, Hermano Morais é devoto de São Francisco de Assis, o Prefeito Padre Jocimar presentou o deputado estadual, com uma bela imagem em madeira deste santo. “Respeitando os demais santos e outras religiões, mas São Francisco é um exemplo a ser seguido por qualquer cristão. Ele nasceu num berço rico, esqueceu todas as suas posses, fez um voto de pobreza e viveu com um pobre. Não foi a toa que o novo Papa escolheu este nome”, destacou.

Por Josimário Nunes 
Assessoria de imprensa 

Curso de Direito confirma realização de Seminário Jurídico em maio


Com o tema “Direitos sociais e o exercício da cidadania”, o curso de Direito de Caicó (UFRN) realizará nos próximos dias 08 e 09 de maio a 12ª edição do “Jus et Justitia” – Seminário Jurídico do CERES. Uma realização da turma concluinte de Direito, o evento conta com o apoio institucional da Escola Superior de Advocacia da OAB/RN.

A programação de mini-cursos, palestras e painéis será desenvolvida no auditório do Fórum Municipal de Caicó, na Cidade Judiciária. O “Jus et Justitia” pretende reunir estudantes e profissionais de Direito do Rio Grande do Norte e Paraíba. O certificado emitido terá carga-horária equivalente a 20 horas/aula.

O palestrante de abertura será o seridoense Robson Maia Lins com o tema “Sanções tributárias e os limites existentes”. Robson Maia é graduado em Direito pela UFRN, mestre em Direito Tributário pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2004), e doutor pela mesma instituição (2008). O advogado é professor de Direito Tributário da PUC.

Por Referência 

FRANCISCO NA MISSA DO CRISMA: O “SENHOR DIRÁ CLARAMENTE QUE A SUA UNÇÃO É PARA OS POBRES”


francisco crism
O papa Francisco celebrou na manhã desta Quinta-feira Santa, que abre o Tríduo Pascal, a Missa do Crisma na Basílica Vaticana. 

Em sua homilia, falou da simbologia dos ungidos, seja na forma, seja no conteúdo. A beleza de tudo o que é litúrgico, explicou, não se reduz ao adorno e bom gosto dos paramentos, mas é presença da glória do nosso Deus que resplandece no seu povo vivo e consolado. “O óleo precioso, que unge a cabeça de Aarão, não se limita a perfumá-lo, mas se espalha e atinge as periferias. 

O Senhor dirá claramente que a sua unção é para os pobres, os presos, os doentes e quantos estão tristes e abandonados. A unção não é para perfumar a nós mesmos, e menos ainda para que a conservemos num frasco, pois o óleo tornar-se-ia rançoso e o coração amargo.” 

Para Francisco, o bom sacerdote reconhece-se pelo modo como é ungido o seu povo: “Nota-se quando o povo é ungido com óleo da alegria; por exemplo, quando sai da Missa com o rosto de quem recebeu uma boa notícia. O nosso povo gosta do Evangelho quando é pregado com unção, quando o Evangelho que pregamos chega ao seu dia a dia, quando escorre como o óleo de Aarão até às bordas da realidade, quando ilumina as situações extremas, «as periferias» onde o povo fiel está mais exposto à invasão daqueles que querem saquear a sua fé”.

Elenco treina visando partida diante do Nacional

Com um trabalho técnico e físico, o Botafogo trabalho na tarde desta quarta-feira (27), no Centro de Treinamento da Maravilha do Contorno. A equipe esteve sob o comando do técnico Marcelo Vilar e do Treinador Físico, Alexandre Duarte.

O zagueiro André Lima, o lateral Ferreira e o meia-esquerda, Júlio César Zabotto, fizeram treinamento físico com bola em separado, na lateral do gramado. Já os atacantes Wanderley e Warley não foram ao campo. 

O primeiro fez trabalho na academia e o segundo fez fisioterapia para tratamento da contratura no músculo da coxa direita.

Já nesta quinta-feira (28), o time deixa novamente João Pessoa, para realizar o treino técnico-tático na cidade de Pilar, visando a partida diante do Nacional, no próximo domingo (31), às 16h, no Estádio José Cavalcanti, em Patos.

Belo treina em Pilar, visando jogo em Patos

 
A equipe do Botafogo foi à cidade de Pilar, a 65km de distância de João Pessoa, na tarde desta quinta-feira (28) para realizar seu último coletivo antes da partida diante do Nacional, marcada para o próximo domingo (31).
Por ter uma dimensão maior que o campo do Estádio da Graça ou do Centro de Treinamento da Maravilha do Contorno, o local está sendo utilizado pelo alvinegro, já que oferece condições semelhantes ao do Estádio José Cavalcanti, em Patos, onde acontece o próximo compromisso da equipe.
 
Marcelo Vilar deve promover mudanças entre os titulares, já que não tem a disposição os atacantes Wanderley e Warley, que se recuperam de contusões, e o meio-campista Doda, que cumpre suspensão automática, após o terceiro cartão amarelo recebido no Botauto do último domingo (24). Mas as alterações foram mantidas em sigilo pelo comandante.
 
O atacante Máxuell é um dos prováveis titulares. Durante o treino, o atleta teve um corte no queixo, provocado por um acidente numa jogada com o zagueiro Genilton, porém foi atendido e prontamente liberado, sem problemas, pelo Departamento Médico do clube.
 
Nesta Sexta-Feira Santa (29), o feriado será de trabalho para o Belo. O elenco terá um recreativo, às 09h, no CT da Maravilha do Contorno. O jogo contra o Nacional será no domingo, às 17h, e será válido pela quinta rodada da segunda fase do Campeonato Paraibano 2013.
 
Botafogo terá recreativo nesta sexta-feira
 
A Sexta-Feira Santa teve mudança de horário de trabalho no Centro de Treinamento da Maravilha do Contorno. A equipe acordará cedo para terminar a preparação visando a partida diante do Nacional de Patos.
O treino físico que estava marcado para às 15h30 não irá acontecer, mas às 09h o time terá um recreativo no CT. Logo depois, o grupo entra em regime de concentração, pois no sábado (30), o elenco parte em direção ao sertão do Estado.
 
Nacional x Botafogo acontece no domingo (31), às 17h, no Estádio José Cavalcanti, em Patos. A partida é válida pela quinta rodada da segunda fase do Campeonato Paraibano 2013.

Por Assessoria 

Em operação do Ipem-RN nesta quarta-feira, 18 veículos têm tacógrafos reprovados


Nesta quarta-feira (27), fiscais do Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte (Ipem-RN), com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), realizaram uma operação de fiscalização em cronotacógrafos. O local da ação foi o Posto da PRF em São José de Mipibu, na Grande Natal, onde 75 veículos entre caminhões, ônibus e vans foram verificados. No total, 18 apresentaram irregularidades no instrumento.

O chefe de gabinete do Ipem, Alex Reginaldo, lembra que a verificação periódica dos tacógrafos é obrigatória. “Esse equipamento é importante pois, através dele, pode-se obter informações sobre a velocidade em que o veículo se encontrava no momento de um acidente, por exemplo”, explica.

De acordo com o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), o instrumento deve ser verificado a cada dois anos. Além das fiscalizações em rodovias, durante todo o ano o Ipem-RN realiza inspeções periódicas em garagens de empresas de transporte.

Os condutores dos veículos cujos tacógrafos estavam irregulares assinaram um termo de ocorrência, e as empresas responsáveis pelo transporte serão autuadas. Após o término de processo administrativo, elas poderão ser multadas e são obrigadas a regularizarem o instrumento.

TACÓGRAFO
O equipamento, que funciona como uma espécie de caixa preta do veículo, registra velocidade, tempo e distância percorrida pelo automóvel. Ao analisar essas informações, que são aceitas legalmente como prova em caso de acidentes ou denúncias de má condução do veículo, é possível descrever o comportamento do motorista.

O instrumento passou a ter uma importância ainda maior com a Lei do Descanso dos Caminhoneiros, que determina que os condutores devem ter repouso de no mínimo 11 horas por dia, além do descanso de 30 minutos a cada quatro horas ininterruptas de direção.

A regra vale para motoristas que transportam carga maior que 4.536 quilos, profissionais de transporte escolar e de passageiros em veículos com mais de dez lugares. Por meio dos registros no tacógrafo do veículo, é possível verificar se realmente o condutor faz as paradas após os períodos determinados.

------------------------------------------------------------------------
Deyse Moura - Assessora de Comunicação Ipem-RN

Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte
Órgão Delegado Inmetro - (84) 3222-4091 | 8829-4199
www.ipem.rn.gov.br | 
facebook.com/ipemrn | @ipemrn

CDL-Caicó tem nova diretoria


A nova diretoria da CDL-Caicó foi eleita por aclamação na última terça-feira, dia 26. A modalidade de eleição por aclamação foi permitida, pois houve apenas uma chapa inscrita. Suerdiec Torres será sucedido por José Jorge Dantas. A confirmação do novo presidente aconteceu durante Assembleia Geral Ordinária realizada na Casa do Empresário.

A nova diretoria, para o biênio 2013-2015, passa a ser composta por: José Jorge Dantas (presidente), João Batista (1º vice-presidente), Suerdiec Torres de Araújo (2º vice-presidente), Íldica Cecília Santos Vale (1ª tesoureira), Cleide Nogueira de Faria (2ª tesoureira), Islânia Maria de Melo (1ª secretária), Maria Leonete (2ª secretária), Chandemberg Góis de Medeiros (diretor de eventos) e Kaio Vilar de Aladim (diretor de serviço e produto).

Para conselheiros fiscais da Câmara de Dirigentes Lojistas foram eleitos: Victor Cirne de Simas, Gilberto Fernandes e Dênio Alves de Oliveira. Como suplentes do Conselho Fiscal estão José Belisio de Medeiros Filho, Erick Gomes Souto e Samuel Gurgel.

Por Referência 

ARCEBISPO EMÉRITO DE NATAL CELEBRA MISSA DOS SANTOS ÓLEOS EM CAICÓ


Dom Heitor:
Dom Heitor: “O bispo se reúne com o clero e o povo de Deus, formando essa unidade de louvor ao Senhor”

Aconteceu na manhã de quinta-feira (28), na Matriz de Sant’Ana, em Caicó, a tradicional Missa dos Santos Óleos. A celebração, ministrada pelo arcebispo emérito de Natal, dom Heitor de Araújo Sales, faz parte das cerimônias da Páscoa na Igreja Católica. 

Na ocasião, os sacerdotes renovam os votos e refletem sobre o compromisso religioso que firmaram com Deus e a sociedade. Ao fim da celebração, aconteceu a mistura e bênção dos óleos dos catecúmenos, utilizado em batismos, e dos doentes, que serve para a unção. 

“O bispo se reúne com o clero e o povo de Deus, formando essa unidade de louvor ao Senhor, com Jesus Salvador, para que todos se sintam embaixadores para a glória Dele”, disse o arcebispo. “Aqui vemos toda essa tradição de séculos da região do Seridó, que é alimentada por essa pessoas admirável na história da salvação que foi Sant’Ana, que soube dar a essa região uma característica de amor a Deus, desse louvor no trabalho. Mesmo nas dificuldades, o coração aberto e o sorriso nos lábios para manifestar o poder do nosso Deus”, ressaltou dom Heitor que foi bispo de Caicó entre 1978 e 1993.

Por Site da Rádio Rural AM de Caicó

Comunidade Católica Shalom realiza encontro durante a Semana Santa


A partir desta sexta-feira, seguindo pelo sábado e domingo,  a Comunidade Católica Shalom realizará um encontro durante a semana santa. O evento, que é aberto a pessoas de fora da comunidade, acontecerá no ginásio do Colégio Salesiano São José, na Ribeira.  Na sexta-feira, as atividades começam às 10h e encerram-se por volta das 13h. No sábado, o encontro inicia-se às 8h e será concluído ao meio-dia. No domingo de Páscoa, o encontro tem início com a Santa Missa, às 8h, e termina às 12h.
 
Um dos objetivos do encontro é ressaltar a importância da vivência dos dias da semana santa no seu propósito original, isto é, enquanto feriado de caráter religioso e não como um período destinado ao descanso ou lazer apenas. Aberto também para pessoas que não frequentam a Igreja ou que não têm qualquer tipo de experiência cristã, o evento também visa proporcionar um espaço de encontro pessoal com a pessoa de Jesus Cristo, refletido no itinerário pascal de Sua paixão, morte e ressurreição.  
 
Em função da falta de um local gratuito para a realização do evento, a Comunidade Católica Shalom teve que alugar o ginásio do colégio Salesiano.  Diante desta realidade e dos custos com a sonorização do ambiente, o acesso ao encontro se dá mediante o pagamento de R$ 5,00 (valor que corresponde aos três dias de evento)
 
Após as manhãs do encontro, todos os participantes são convidados a viver as celebrações próprias da semana santa na Catedral Metropolitana, as quais serão presididas pelo arcebispo da arquidiocese de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha.
 
Serviço:
Encontro de Semana Santa - Comunidade Católica Shalom
Ginásio do colégio Salesiano São José , Ribeira;
Sexta-feira, dia 29/03 - das 10h às 13h;
Sábado, dia 30/03 - a partir das 8h e com término previsto para as 12h;
Domingo, dia 31/03 - Missa de Páscoa às 8h; encerramento do encontro às 13h;
Custo da entrada no encontro: R$ 5,00 (auxílio no custeio do evento)
 
Assessoria de imprensa (voluntária): Emily Araújo (9417-3697) e Luiz Eduardo Andrade (8816-5244); 

QUINTA-FEIRA, 28 DE MARÇO DE 2013

Semana Santa

O Domingo de Ramos abre solenemente a Semana Santa, com a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém.

Jesus é recebido em Jerusalém como um rei, mas os mesmos que o receberam com festa o condenaram à morte. Jesus é recebido com ramos de palmeiras. Nesse dia, são comuns procissões em que os fiéis levam consigo ramos de oliveira ou palmeira, o que originou o nome da celebração. Segundo os evangelhos, Jesus foi para Jerusalém para celebrar a Páscoa Judaica com os seus dicípulos e entrou na cidade como um rei, mas sentado num jumentinho - o simbolo da humildade - e foi aclamado pela população como o Messias, o rei de Israel. A multidão o aclamava: "Hosana ao Filho de Davi!" Isto aconteceu alguns dias antes da sua PaixãoMorte e Ressurreição. A Páscoa Cristã celebra então a Ressurreição de Jesus Cristo.
Segunda-Feira Santa 
A Segunda-Feira Santa é o segundo dia da Semana Santa, cujo começo tem lugar no Domingo de Ramos, e durante a qual os cristãos comemoram a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus. Em alguns lugares é conhecida como segunda - feira de trevas. Nesse dia realiza-se o ofício de trevas.

Terça-Feira Santa
 
É o terceiro dia da Semana Santa, onde são celebradas as Sete dores de Nossa Senhora Virgem Maria. E muito comum também por ser o dia de penitência no qual os cristãos cumprem promessas de vários tipos ou o dia da memória do encontro de Jesus e Maria no caminho do Calvário.

Quarta-Feira Santa

É o quarto dia da Semana Santa. Em algumas igrejas celebra-se neste dia a piedosa procissão do encontro de Nosso Senhor dos Passos e Nossa Senhora das Dores. Ainda há igrejas que neste dia celebram o Ofício de Trevas, lembrando que o mundo já está em trevas devido à proximidade da morte de Jesus.

Quinta-Feira da Ceia

É o quinto dia da Semana Santa e, na manhã deste dia, nas catedrais das dioceses, o bispo se reúne com o seu clero para celebrar a Celebração do Crisma, na qual são abençoados os óleos que serão usados na administração dos sacramentos do BatismoCrisma e Unção dos Enfermos. Com essa celebração se encerra a Quaresma.
 
Neste mesmo dia, à noite, são relembrados os três gestos de Jesus durante a Última Ceia: a Instituição da Eucaristia, o exemplo do Lava-pés, com a instituição de um novo mandamento (ou "ordenança") segundo algumas denominações cristãs, e a instituição do sacerdócio. É neste momento que Judas Iscariotes sai para entregar Jesus por trinta moedas de prata. E é nesta noite em que Jesus é presointerrogado e, no amanhecer da sexta-feira, açoitado e condenado.
A igreja fica em vigília ao Santíssimo, relembrando os sofrimentos de Jesus, que tiveram início nesta noite. A igreja já se reveste de luto e tristeza, desnudando os altares (quando são retirados todos os enfeites, toalhas, flores e velas), tudo para simbolizar que Jesus já está preso e consciente do que vai acontecer. Também cobrem-se todas as imagens existentes no templo.
Sexta-Feira Santa ou Sexta-Feira da Paixão
É quando a Igreja recorda a morte de Jesus. É celebrada a Solene Ação LitúrgicaPaixão e a Adoração da Cruz. A recordação da morte de Jesus consiste em quatro momentos: A Liturgia da Palavra, Oração Universal, Adoração da Cruz e Rito da Comunhão. Presidida por presbítero ou bispo, os paramentos para a celebração são de cor vermelha.

Sábado Santo ou Sábado de Aleluia


É o dia da espera. Os cristãos junto ao sepulcro de Jesus aguardam sua ressurreição. No final deste dia é celebrada a Solene Vigília Pascal, a mãe de todas as vigílias, como disse Santo Agostinho, que se inicia com a Bênção do Fogo Novo e também do Círio Pascal; proclama-se a Páscoa através do canto do Exultet e faz-se a leitura de 8 passagens da Bíblia (4 leituras e 4 salmos) percorrendo-se toda história da salvação, desde Adão até o relato dos primeiros cristãos. Entoa-se o Glória e o Aleluia, que foram omitidos durante todo o período quaresmal. Há também o batismo daqueles adultos que se prepararam durante toda a quaresma. A celebração se encerra com a Liturgia Eucarística, o ápice de todas as missas.

Domingo de Páscoa

É o dia mais importante para a fé cristã, pois Jesus vence a morte para mostrar o valor da vida. Esse dia é estendido por mais cinquenta dias até o Domingo de Pentecostes.