quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

ENTREVISTA AO CORREIO DO SERIDÓ: Desembargador Cláudio Santos avalia reunião com os vereadores em Caicó

O desembargador e presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, Cláudio Santos, esteve reunidos com os vereadores da Câmara Municipal de Caicó nesta quinta-feira pela manhã.
Participaram da reunião, os vereadores Rubão Germano, Lobão Filho, Alisson Jackson, Nildson Dantas, Batata, José Maria, Leleu Fontes e Odair Diniz.
“Foi uma conversa informal e uma discussão de ideias e posições e sobre o momento de crise que o Brasil atravessa e em particular o Rio Grande do Norte. Também discutimos sobre a crise hídrica, amenidades e a necessidade da participação de todos os homens públicos nos destinos do Brasil nesta hora tão difícil para todos nós e em particular para os potiguares”, disse o desembargador Cláudio Santos em entrevista ao repórter Paulo Júnior.


Cláudio Santos confirmou que os 100 milhões que o TJRN pretende repassar para a saúde e a segurança do Rio Grande do Norte, o Governo haverá de contemplar o Hospital Regional do Seridó, que segundo Cláudio Santos é um hospital que presta um enorme serviço para a população de Caicó e região.
“Acredito que o Hospital do SESP possa ser contemplado e nós possamos superar essas dificuldades que existem hoje, principalmente da Associação dos Magistrados que incompreensivelmente é contra esse repasse, mas são esses obstáculos que nos anima a lutar por melhores dias para a população do Rio Grande do Norte”, afirmou.
Cláudio Santos ainda ressaltou que a principal obra imaterial do seu trabalho junto ao TJRN é uma quebra do ciclo histórico e da cultura do Judiciário de gastar muito dinheiro, onde falta muito dinheiro para coisas tão essenciais quanto à justiça.
“Eu acho que os gestores têm que economizar o dinheiro público, pois todos os setores são importantes e não apenas a justiça. Setores como a saúde pública, educação e a segurança são tão importantes quanto à justiça. Esse é o grande exemplo e o grande legado que eu deixo para os gestores públicos do Rio Grande do Norte”, comentou Cláudio Santos.

Nenhum comentário: