quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Sérgio Moro determina prisão de Eduardo Cunha

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, determinou a prisão preventiva do ex-presidente da Câmara e deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). O político, um dos alvos da investigação, foi detido nesta quarta-feira, em Brasília, e está sob custódia das autoridades.
Para os procuradores da Lava Jato, Cunha, em liberdade, representava um “risco às investigações da Lava Jato e à ordem pública”. Também havia o risco dele se tornar um foragido, já que o ex-deputado tem dupla cidadania (brasileira e italiana) e “disponibilidade de recursos ocultos no exterior”, na visão do MPF (Ministério Público Federal).
De acordo com a PF (Polícia Federal), Cunha foi levado no início da tarde ao Aeroporto de Brasília para embarcar para Curitiba, onde estão sendo conduzidas as investigações. A previsão é de que o ex-deputado chegue entre 17h e 18h à capital do Paraná.
Além da prisão preventiva, também foi expedido um mandado de busca e apreensão na residência de Cunha na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro.
Os processos contra Cunha estão com Sérgio Moro desde que o ex-deputado perdeu o foro privilegiado com a cassação de seu mandato. Ele é investigado por suposto recebimento de propina para liberar recursos da Caixa Econômica Federal, entre outros crimes.
Cunha é réu da Operação Lava Jato sob acusação de corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Fonte: Agência Brasil

Estudantes do IFPB fazem manifestações em João Pessoa e Guarabira

Divulgação
Campus do IFPB em João Pessoa
Estudantes e servidores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) em João Pessoa e Guarabira estão realizando manifestações de paralisação e greve durante esta semana. Os atos são motivados, segundo os manifestantes, pelo Projeto de Emenda à Constituição 241 (PEC 241), que limita os gastos públicos do governo federal por 20 anos e pela Medida Provisória que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional.

Na Capital, estudantes vão realizar atividades para esclarecer a luta contra as medidas. Além disso, quando as atividades estiverem sendo realizadas no IFPB as atividades acadêmicas serão suspensas.

Em Guarabira, servidores técnicos e professores realizaram assembleia e decidiram por entrar em greve por tempo indeterminado a partir desta quarta-feira (19), também em protesto conta as medidas do governo federal.

“A PEC 241 não significa apenas um ataque contra a educação, e sim, a toda a sociedade brasileira, na medida em que priva as gerações futuras do sonho de ter uma educação, saúde e assistência social de qualidade. Não queremos nenhum direito a mais, apenas a garantia de não ter nenhum a menos”, afirmou o professor de Filosofia Michel Pordeus, da comissão de greve em Guarabira. Fonte: Portal Correio 

Aviões do Forró mantém agenda de shows em meio a investigação por sonegação fiscal

Investigados por fraudes no imposto de renda, Xand e Solange Almeida, da banda Aviões do Forró, decidiram manter agenda de shows normalmente. Na noite desta terça-feira (18), eles se apresentam na cidade de Floriano, no Piauí. “Vamos ali no meu Piauí fazer o que nasci pra fazer cantar forro. Alô Floriano tô chegando e que Deus nos abençoe”, escreveu o vocalista em seu perfil no Instagram.
No comunicado divulgado pela assessoria de imprensa, os dois colocam ainda à disposição da Polícia Federal e da Justiça para colaborar com todos os questionamentos em relação à investigação.
A operação For All está apurando esquemas de lavagem de dinheiro, sonegação e fraude no imposto de renda. Os imóveis dos investigados foram bloqueados e veículos foram apreendidos.
A sonegação fiscal está ligado ao grupo A3 Entretenimento, que detém 26 empresas incluindo a banda. Estimativa preliminar da Receita Federal já identificou uma omissão de receitas de mais de R$ 300 milhões. Fonte: Correio 24 Horas

4ª Meia Maratona Sesc de Revezamento abre inscrições gerais

As inscrições para a 4ª Meia Maratona Sesc de Revezamento estão abertas para todas as categorias a partir desta terça-feira (18/10).  Até dia 18/11, comerciários, comunidade em geral e pessoas com deficiência podem formar suas duplas ou quartetos e se inscrever no sitewww.sescrn.com.br, bem como crianças de 06 a 13 anos podem se inscrever na inédita categoria infantil. 
O projeto pioneiro realizado pelo Sistema Fecomércio, por meio do Serviço Social do Comércio do Rio Grande do Norte (Sesc RN), tem largada marcada para dia 26/11, às 16h (infantil) e 16h30 (adulto), do Sesc Mossoró.

terça-feira, 18 de outubro de 2016

PF apura na PB e Ceará fraude de R$ 300 milhões em grupo empresarial de forró

A Polícia Federal, em ação conjunta com a Receita Federal, deflagrou na manhã desta terça-feira (18) a operação “For All”, contra fraudes no Imposto de Renda cometidas por um grupo empresarial atuante no ramo do entretenimento e responsável por famosas bandas de forró e casas de show no Ceará. Estimativa preliminar já identificou uma omissão de receitas de mais de R$ 300 milhões, segundo a Receita.
Estão sendo cumpridos 76 mandados judiciais, sendo 32 de condução coercitiva (quando a pessoa é levada a depor e depois é liberada) e 44 de busca e apreensão em Fortaleza, Russas (CE) e Sousa (PB). Há apenas um mandado sendo cumprido na Paraíba; os demais são no Ceará. Os mandados estão sendo cumpridos por cerca de 260 policiais federais e 35 auditores.

Dirceu recebe perdão de pena no processo do mensalão

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu nesta segunda-feira (17) conceder ao ex-ministro da Casa Civil José Dirceu perdão do restante da pena de sete anos e 11 meses de prisão, definida no julgamento da Ação Penal 470, o processo do mensalão, em 2013. 
Na decisão, o ministro baseou-se em informações prestadas pelo juiz Sérgio Moro e parecer favorável da Procuradoria-Geral da República (PGR).
Mesmo com a decisão, Dirceu continuará preso preventivamente em Curitiba em função das investigações da Operação Lava Jato. O ex-ministro foi preso em agosto do ano passado, quando cumpria, em regime aberto, a pena definida no julgamento do mensalão. Ele cumpriu dois anos e nove dias e, se não tivesse sido preso novamente, já teria direito à condicional. 

domingo, 16 de outubro de 2016

Jovem é morto a tiros e PM suspeita dos mesmos que mataram empresário, na PB

Reprodução
Imagem ilustrativa
Um jovem foi morto a tiros na Zona Rural da cidade de Paulista, no Sertão da Paraíba, a 410 km de João Pessoa, na madrugada deste domingo (16). Segundo a Polícia Militar, existe a hipótese de que o crime possa ter sido cometido pelos mesmos suspeitos de matar um empresário em um bar na mesma cidade, na última sexta-feira (14). Na manhã deste domingo, um homem foi assassinado em João Pessoa.

No caso do Sertão, de acordo com a PM da cidade de São Bento, que fica responsável pelas ocorrências da região de Paulista, a desconfiança da relação com o outro homicídio parte de relatos que indicaram que, no crime deste domingo, uma motocicleta Honda Bros teria sido utilizada, mesmo modelo usado na ocorrência anterior.
Até o fechamento desta matéria, ninguém foi detido. As possíveis motivações para o homicídio não foram apuradas. A PM informou que seguiria com buscas por suspeitos na região.
Em João Pessoa, um homem de cerca de 30 anos foi morto a tiros enquanto trafegava na garupa de uma motocicleta, no bairro de Cruz das Armas, na Zona Oeste da cidade. Segundo agentes da Delegacia de Homicídios da Capital, uma dupla é suspeita de se aproximar da vítima em outra moto e efetuar os disparos. O condutor da motocicleta fugiu. Ninguém foi preso. Fonte: Portal Correio