domingo, 21 de agosto de 2011

LIGA RECEBE MAMÓGRAFO DOADO PELAS LOJAS RIACHUELO

A Liga Norte-Rio-Grandense Contra o Câncer recebeu nesta sexta-feira, 19, a doação feita pela Associação Américas Amigas de um mamógrafo e de um CR (equipamento digital de radiologia computadorizada). A máquina foi adquirida a partir de uma doação das Lojas Riachuelo e de seu presidente, Flavio Rocha. A cerimônia de doação dos aparelhos será realizada no Centro Avançado de Oncologia (CECAN), a partir das 14 horas.


Estiveram presentes no evento o presidente da Riachuelo, Flavio Rocha, a presidente de honra e presidente da Américas Amigas, Bárbara Sobel e Francisca de Paula Harley, e o superintendente da Liga Norte-Rio-Grandense Contra o Câncer, Roberto Sales.


Os aparelhos doados beneficiarão pacientes do Centro Avançado de Oncologia (CECAN), administrado pela Liga. A unidade ambulatorial de diagnóstico e tratamento sedia setores de radioterapia, quimioterapia e medicina nuclear, e abriga consultórios de várias especialidades, como mastologia e oncologia clínica.


Para a chefe do setor de mamografia da Liga, Maria Eulina Bulhões, os principais beneficiados pela doação serão os pacientes. “O equipamento vem para dobrar a capacidade de atendimento do setor. Atualmente, conseguimos com nossa estrutura atender em torno de 750 pacientes por mês. Com o novo mamógrafo, poderemos tranquilamente dobrar este número e melhorar ainda mais a qualidade do nosso serviço”, garante.


Para o superintendente da Liga Contra o Câncer, Roberto Sales, a doação reforça a importância de oferecer atenção oncológica de alto nível a todas as camadas da população. “São parcerias como esta que viabilizam nosso trabalho. O novo mamógrafo trará um exame de alto nível a toda comunidade de pacientes do SUS”.



Os exames de mamografia são a melhor forma de detectar precocemente qualquer alteração nas mamas, antes que o paciente ou o médico, antecipando o tratamento e aumentando as chances de cura.



A doença

Uma das principais causas de morte entre as mulheres no mundo e também a doença que mais mata as brasileiras, o câncer de mama acometeu em 2010, segundo o INCA, mais 49 mil mulheres. A mamografia de rotina é o método mais eficaz para o diagnóstico do câncer de mama em estádio inicial, e indicado para mulheres assintomáticas, ou seja, sem anormalidades na estrutura mamária. Ainda de acordo com o INCA, a mamografia periódica permite uma redução de cerca de 30% na mortalidade por câncer de mama em mulheres de 40 a 69 anos.


Sobre a Liga

Com 62 anos e formada por cinco unidades (Centro Avançado de Oncologia –

CECAN, Hospital Dr. Luiz Antônio, Policlínica, Casa de Apoio Irmã Gabriela e Hospital de Oncologia do Seridó), a Liga Norte-Rio-Grandense Contra o Câncer, instituição referência em tratamento do Câncer no Rio Grande do Norte e no Nordeste, é referência também na democratização do atendimento e ao fácil acesso à medicina especializada, o compromisso social é o emblema que a instituição carrega desde 17 de julho de 1949, quando foi fundada.



Dispondo em sua estrutura de serviços de radioterapia, medicina nuclear, diagnóstico por imagem, quimioterapia, imagem molecular, ambulatórios, laboratório de análises clínicas, laboratório de citologia, laboratório de patologia clínica, consultórios odontológicos, leitos de UTI e internação, salas de cirurgia, entre vários outros, o trabalho da instituição vem crescendo a cada ano e ganhando qualidade no atendimento, no corpo clínico e no volume de tratamento. 

Realizando em torno de 57 mil procedimentos por mês, com maior parte de sua clientela pertencente ao Sistema Único de Saúde – que em 2010 representou quase 68% dos atendimentos -, e com mais de 95% de sua arrecadação oriunda do trabalho que ela produz, a Liga tem, atualmente, metade dos atendimentos destinados a pacientes da capital e a outra parte a pacientes dos outros municípios do Estado.


Apesar das dificuldades financeiras inerentes ao seu projeto, que conjuga sofisticação técnica com Filantropia, a Liga tem sempre o compromisso com a qualidade dos serviços que oferece e é a prova de que filantropia não é sinônimo de precariedade.


Sobre a Américas Amigas

A associação sem fins lucrativos foi criada para promover ações que combatam a mortalidade por câncer de mama disponibilizando instrumentos de conscientização, prevenção, diagnóstico precoce e tratamento. Em uma parceria entre brasileiros e americanos, possui entre seus membros fundadores Barbara Sobel, Maria Antonia Civita, Chella Safra, Andrea Veiga Pereira e Francisca de Paula Harley. Desde a sua fundação, em 2009, a Associação já ajudou a tornar o exame de mamografia mais acessível para mulheres de baixa renda em todo o território nacional por meio da doação de mamógrafos. 

A Américas Amigas possui a qualificação de OSCIP – Organização da Sociedade Civil de Interesse Público e possui o Certificado de Entidade Promotora de Direitos Humanos promulgada pela Secretaria da Justiça do Estado de São Paulo.



Até agosto de 2011, 12 mamógrafos já foram doados a Instituições nos Estados do Amazonas, Pará, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e São Paulo. Por meio destas doações, a Associação espera atingir aproximadamente 45 mil mulheres que, do contrário, não conseguiriam realizar a mamografia sem ter de esperar por um longo tempo para realizar o exame.

Serviço

Local: Centro Avançado de Oncologia – CECAN

Av. Miguel Castro, 1355 - Bairro: Dix-Sept Rosado

Natal/RN

Data: 19 de agosto

Horário: 14 horas
Diogo Damasio
OFICINA COMUNICAÇÃO CORPORATIVA

Nenhum comentário: