segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Agora é oficial: concurso da PF com 1.200 vagas é autorizado e edital sai em 2012

A Ministra de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão, no uso de suas atribuições e, tendo em vista a delegação de competência prevista no art. 10 do Decreto nº. 6.944, de 21 de agosto de 2009, resolve autorizar a realização de concurso público para o provimento de um mil e duzentos cargos da Carreira Policial Federal do Quadro de Pessoal do Departamento de Polícia Federal - DPF.

Das Áreas: Agente de Polícia Federal (500), Delegado de Polícia Federal (150), Escrivão de Polícia Federal (350), Papiloscopista Policial Federal (100), Perito Criminal Federal (100).


O provimento dos cargos a que se refere o caput dependerá de prévia autorização do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, e está condicionado:


I - à existência de vagas na data de publicação do edital de abertura de inscrições para o concurso público; e


II - à declaração do respectivo ordenador de despesa, quando do provimento dos cargos, sobre a adequação orçamentária e financeira da nova despesa com a Lei Orçamentária Anual e sua compatibilidade com a Lei de Diretrizes Orçamentárias, demonstrando a origem dos recursos a serem utilizados.


A responsabilidade pela realização do concurso público será do Diretor-Geral do Departamento de Polícia Federal, a quem caberá baixar as respectivas normas, mediante a publicação de editais, portarias ou outros atos administrativos.


O prazo para a publicação do edital de abertura de inscrições para concurso público será de até seis meses, contado a partir da publicação desta Portaria.


Parágrafo único. A realização do concurso público deverá observar as disposições contidas no Decreto nº. 6.944, de 2009.


Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
Diário Oficial da União

Nenhum comentário: