sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Aluna do CUCA é primeira colocada no Projeto “Vida e Obra de José Américo de Almeida”

Aconteceu na noite desta terça-feira (13) no plenário da Câmara Municipal de Caicó, a entrega da premiação do Projeto “Vida e obra de José Américo de Almeida”.

O projeto foi uma iniciativa da Câmara de Caicó em parceria com a Prefeitura de Caicó e Fundação Casa José Américo de Almeida (com sede em João Pessoa/PB).

O projeto foi realizado com alunos da rede particular e pública municipal de ensino. Várias escolas participaram do projeto, onde seus alunos após conhecer a vida e obra do poeta José Américo de Almeida, teriam que fazer uma redação e as melhores de cada escola seria premiada.

 “O Projeto contempla o resgate histórico da vida e obra de um homem que contribuiu com o município de Caicó, levando para as autoridades de sua época a triste realidade da seca no Nordeste, sendo o maior responsável pela construção do açude Itans [Hoje denominado Açude Ministro José Américo de Almeida], construído as margens do Rio Barra Nova, trazendo aos caicoenses, água abundante, além do grande incentivo à leitura para os alunos deste município”, destacou o Presidente Leleu Fontes (PSB).

Pela participação no projeto foram feitas homenagens as escolas participantes, além de seus supervisores e professores de língua portuguesa.

A primeira colocada foi a aluna Virgínia Jordana de Souza Alves, do Colégio CUCA. A segunda colocação foi para o aluno Gabriel Weslley Dantas de Medeiros da Escola Municipal Presidente Kennedy. Em terceiro lugar ficou a aluna Cíntia Alves da Silva da Escola Municipal Hermann Gmainer e a quarto lugar ficou para o aluno Paulo Tárcio da Silva Santos da Escola Municipal Severina Ernestina Abgail.

Para o Diretor do CUCA, Professor Manoel Medeiros, a Câmara de Caicó esta de parabéns por proporcionar iniciativas com desta natureza.

 ”A Câmara de Caicó fez um grande trabalho de valorização da história. O Projeto Vida e Obra de José Américo de Almeida resgata a história da construção do Açude Itans, além da importância do poeta e escritor José Américo para a literatura brasileira, principalmente após o lançamento do seu livro A bagaceira”, destacou Manoel Medeiros.

Suébster Neri


Nenhum comentário: