domingo, 25 de dezembro de 2011

Artista mais velho do mundo morre aos 108 na Alemanha


Descrição: Johannes Heesters era um dos artistas favoritos do ditador Adolf Hitler e chegou a ser acusado de ser simpatizante do regime nazista. Foto: AFPJohannes Heesters era um dos artistas favoritos do ditador Adolf Hitler e chegou a ser acusado de ser simpatizante do regime nazista

Foto: AFP
O cantor de operetas de origem holandesa Johannes Heesters, considerado o artista em atividade mais velho do mundo, morreu neste sábado (24), aos 108 anos, informou seu agente. Ele veio a óbito em uma clínica de Starnberg, na Baviera, onde vivia.
Admirado pelo ditador Adolf Hitler, Heesters nasceu em 1903, na Holanda, e ganhou fama graças aos nazistas. Há alguns anos, foi acusado por um jornalista de ter se apresentado para os guardas da SS no campo de concentração de Dachau, na Baviera, em 1941. 

O cantor, que atuou em inúmeros filmes e peças de teatro em países de idioma alemão, aparece no livro dos recordes Guiness como o artista mais velho ainda em cena. Ele interpretou mais de 1.600 vezes um de seus principais papéis, em A viúva alegre, uma opereta do compositor austro-húngaro Franz Lehar. 

Em 2008, a primeira apresentação de Heesters em várias décadas na Holanda foi acompanhada por muitos protestos. Sua tentativa anterior de se apresentar para seus compatriotas, em 1963, fracassou. Na ocasião, o público de um teatro em Amsterdã o condenou ao recebê-lo com a saudação nazista.

Nenhum comentário: