terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Fátima Bezerra assina pedido de CPI da Privataria

A deputada federal Fátima Bezerra (PT) assinou nesta quarta-feira (14) o pedido de instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as denúncias feitas pelo jornalista Amaury Ribeiro Júnior no livro “A Privataria Tucana”, lançado recentemente.

O documento, protocolado pelo deputado federal Protógenes Queiroz (PCdoB/SP), solicita investigação da privatização de estatais na década de 1990 e de lavagem de dinheiro envolvendo figuras ligadas ao PSDB. Necessita de 171 assinaturas para que saia do papel. Na foto, Fátima Bezerra segura o documento ao lado de Protógenes e do deputado federal Amauri Teixeira (PT/BA).


Para Fátima Bezerra, a Câmara Federal tem a obrigação de apurar as irregularidades apontadas pelo jornalista em mais de 300 páginas de denúncias.



“Amaury Jr. traz à tona fatos muito graves ocorridos durante o governo tucano, como corrupção, lavagem de dinheiro e espionagem. Os parlamentares e o judiciário não podem ignorar denúncias tão bem documentadas”, disse.


Entre os alvos da CPI estão expoentes do governo Fernando Henrique Cardoso, como o ex-governador de São Paulo José Serra, e o ex-tesoureiro de campanhas tucanas e ex-diretor da área internacional do Banco do Brasil Ricardo Sérgio de Oliveira.


A deputada federal também considerou “preocupante” o silêncio da grande mídia em torno do assunto e parabenizou os internautas por, em um curto espaço de tempo, divulgar o livro nas redes sociais. “É a sociedade mostrando que quer a apuração”.

Nenhum comentário: