sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Pirarucu medindo quase três metros foi encontrado morto no açude Itans


Crianças posaram com o peixe (Foto: Rosivan Amaral)


Um fato que chamou a atenção de muitos populares. No inicio da tarde desta quarta-feira (25), pescadores encontraram nas margens do açude Itans, um peixe da espécie Pirarucu, medindo mais de dois metros e sessenta centímetros. Ainda não se sabe a causa da morte do pescado, sabe-se apenas que o mesmo não pode mais ser empalhado visto que encontra-se em avançado estado de decomposição.

O Biólogo Alison Santos que esteve no local, disse ao nosso blog que acredita que esse peixe tenha morrido naturalmente já que não percebeu nem uma marca estranha no peixe.

“Ele pode ter morrido naturalmente, até mesmo por uma doença, já que não é visível nem  uma marca de violência", disse o Biólogo.


Uma equipe da Polícia Ambiental fez a remoção do peixe com ajuda dos pescadores. Muitos curiosos estavam olhando e espantados com o seu tamanho. O Pirarucu é um dos maiores peixes de água doce do Brasil e pode atingir mais de três metros de comprimento e pesar até 200 quilos.


O maior Pirarucu encontrado até então no açude Itans foi no dia 8 de novembro de 1999. Pesando 185 quilos e medindo 2 metros e 55 centímetros morreu logo após ser retirado das águas. O peixe foi asfixiado por um anzol utilizado por pescadores e foi encontrado nas margens do açude. Sua pesca e comercialização são proibidas devido ser uma espécie em extinção. Este encontrasse empalhado em exposição na estação da Psicultura, no bairro Itans em Caicó.

Blogueiro Rosivan também posou (Foto: Rosivan Amaral)

Nenhum comentário: