sexta-feira, 9 de março de 2012

Avenida do Contorno é fechada por causa das chuvas

O motorista deve evitar a avenida do Contorno. A Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, fechou a via. A tubulação de águas que passa embaixo da avenida está cedendo, juntamente com o asfalto, e por medida de segurança o órgão fechou o trecho.

O motorista que sai da Ribeira em direção ao Alecrim deverá seguir pela Av. Câmara Cascudo, Metropolitana, Padre Pinto e Coronel José Bernardo, tendo a opção do contra-fluxo no Viaduto do Baldo.

Lagoas de captação
Com as chuvas caídas na manhã de hoje, 9, em Natal, a Defesa Civil do município agiu rápido e desde as primeiras horas do dia monitora as lagoas de captação do município e verifica pontos de alagamento.

Conforme o secretário de Segurança e Defesa Social, Carlos Paiva, duas equipes estão nas ruas averiguando in loco possíveis problemas. Uma coisa é certa: as lagoas de captação se encontram estabilizadas, inclusive a lagoa do Makro, no conjunto Pirangi, em Neópolis, historicamente problemática. Ainda segundo Carlos Paiva, as bombas sequer precisaram ser acionadas, pois não houve nenhum aumento significativo no volume de água.

A Defesa Civil ainda recebeu dois chamados. Em Ponta Negra, na zona Sul, o problema verificado foi na rua Praia de Muriú. Parte do revestimento externo da caixa d'água do Condomínio Village Ponta Negra desabou. De acordo com a Defesa Civil, o problema não foi ocasionado pelas chuvas. Do outro lado da cidade, em Mãe Luiza, na zona Leste, mais precisamente na rua Guanabara, parte da parede de um prédio abandonado desabou, mas sem vítimas. Ainda em Mãe Luiza, outro imóvel, desta feita na rua São José, apresenta problemas. A Defesa Civil está no local verificando a ocorrência.

Em relação aos alagamentos, a Defesa Civil detectou cinco pontos na capital: rua Mossoró com Afonso Pena, avenida Hermes da Fonseca em frente à AABB, avenida Salgado Filho defronte ao IFRN, avenida Salgado Filho em frente ao Hotel Residence e nas proximidades do Complexo do Quarto Centenário. De acordo com informações, a causa do alagamento no Complexo foi o entupimento de bueiros. Uma equipe da Urbana está no local resolvendo o problema. O cidadão pode entrar em contato com a Defesa Civil do município pelos telefones 190 (Ciosp) e 193 (Corpo de Bombeiros).

* Fonte: Secom.

Nenhum comentário: