sexta-feira, 9 de março de 2012

Brasil confirma favoritismo na abertura do Mundial de futevôlei 4x4

Começou na noite dessa quinta-feira a segunda edição do Mundial de Futevôlei 4x4. O Brasil saiu na frente, com duas equipes representando o país - uma comandada por Romário e, outra, por Renato Gaúcho. O Brasil confirmou seu favoritismo e chega ao segundo dia de disputa com grandes possibilidades de classificar uma das equipes para a final.
DivulgaçãoA equipe do baixinho Romário venceu a seleção paraguaia e a seleção portuguesa, na estreia do MundialA equipe do baixinho Romário venceu a seleção paraguaia e a seleção portuguesa, na estreia do Mundial
No jogo de abertura, uma revanche da final da edição passada. Desta vez, o Brasil 1, de Romário, levou a melhor sobre o Paraguai, comandado por Romerito: 25x15. O time do Baixinho venceu, também, o segundo jogo que disputou na noite, contra a seleção de Portugal: 25x8. O time de Renato Gaúcho venceu a equipe da Itália - onde joga o ex-craque Aldair - por 25x16.

Embaixador mundial do futevôlei, Romário destacou a importância do evento na divulgação da modalidade. "O 4x4 não é muito comum no futevôlei, mas está sendo uma boa maneira de divulgação do esporte. Ele vem crescendo a cada dia e tem conquistado seu espaço. Ainda precisamos organizar algumas questões burocráticas de confederações e federações para que, se Deus quiser, estejamos na olimpíada de 2020. Temos que aproveitar as Olimpíadas aqui no Rio para divulgar o futevôlei, aproveitar que o mundo estará de olho aqui."

Capitão do Brasil 2, Renato Gaúcho concordou com as palavras do Baixinho. "Seria maravilhoso se o futevôlei chegasse às Olimpíadas. Quanto mais se divulga o esporte, mais chances ele tem de crescer e conquistar seu espaço e esse Mundial possibilita isso. Aqui no Rio estamos mais acostumados com o modelo 4x4, já os jogadores do nordeste, não. Mas nós treinamos bastante, demos o direcionamento e os colocamos no lugar certo. Esperamos levar o título."

Outra estrela do evento, o argentino Caniggia não teve sorte. Sua equipe foi derrotada pela Espanha, de Donato, pelo placar de 25x19. Portugal venceu o primeiro jogo, sobre o Uruguai, por 25 a 19. Fechando a noite, Romerito comandou o time do Paraguai na vitória sobre o Uruguai: 25 a 12.

Carrasco do Brasil na Copa de 90, Caniggia comentou o reencontro com a torcida brasileira. "A torcida foi tranqüila. Mas sempre que encontro os brasileiros no exterior, eles me fazem lembrar daquele gol."

Nesta sexta-feira, as equipes voltam a se enfrentar. As duas melhores de cada grupo se classificam para as semifinais que serão disputadas no sábado, às 18h.

* Fonte: gazetaesportiva.net

Nenhum comentário: