quarta-feira, 30 de maio de 2012

Nomeação de concursados não atende déficit do RN


SINPOL luta pela nomeação de mais aprovados da Polícia Civil

O Governo do Estado divulgou, nesta terça-feira (29), a lista dos 85 novos policiais civis que atuarão no interior do Rio Grande do Norte. Apesar da notícia ser positiva para este grupo, o SINPOL observa que o Poder Executivo deveria convocar todos os demais aprovados do Concurso Público de 2009, assim como realizar novo processo seletivo para suprir o grande déficit de agentes, escrivães e delegados em todo o estado.

O Diário Oficial do Estado (DOE) trouxe a nomeação de 20 novos delegados, 14 escrivães e 51 agentes. Eles atuarão nas cidades de Parnamirim, Ceará Mirim, Extremoz, Touros, São Bento do Norte, Marcelino Vieira, Caraúbas, Campo Grande, Umarizal, Janduís, Lajes, Nísia Floresta, Arez, Goianinha, Angicos, São Miguel, Parelhas, Currais Novos, Baraúna e Açu. 

Segundo tenta justificar a Assessoria do Governo, a nomeação desse quantitativo pequeno ocorre em obediência à Lei de Responsabilidade Fiscal, uma vez que o Estado estaria impedido de contratar no momento, só sendo permitidas novas contratações para reposição dos Quadros de Pessoal decorrente de falecimento ou aposentadoria dos servidores públicos das áreas de segurança, saúde e educação.

DÉFICIT
O processo seletivo de 2009 aprovou 509 policiais. Deste total, o Governo convocou, em primeira chamada, no dia 31 de dezembro de 2001, 87 policiais, sendo 12 delegados, 13 escrivães e 62 agentes. Com a convocação de mais estes 85, agora, restam ainda mais 307 concursados a serem convocados.

Segundo Lei, seriam necessários 4 mil agentes, 800 escrivães e 350 delegados para atender às necessidades dos 3.168.027 habitantes do Estado, nos 167 municípios. Ou seja, 5.150 policiais civis. Com a convocação desta quarta-feira o efetivo tem agora uma média de 1.150 agentes, 170 escrivães e 170 delegados. Desta maneira, seriam necessários mais de 3.500 novos policiais, o que não seria suprido mesmo com a convocação dos aprovados restantes de 2009.

Nenhum comentário: