terça-feira, 10 de julho de 2012

Paulo Davim presta homenagem a Dom Eugenio Sales


Da Redação
O senador Paulo Davim (PV-RN), em pronunciamento nesta terça-feira (10), prestou uma homenagem ao cardeal dom Eugenio de Araújo Sales, arcebispo Emérito da Arquidiocese do Rio de Janeiro, falecido na noite de segunda-feira (9), aos 91 anos. O senador destacou as obras sociais do religioso, nascido no município potiguar de Acari.
- O Brasil perde um filho dileto, ciente de sua função clerical e social, e o Rio Grande do Norte perde um filho legítimo – lamentou o parlamentar.
No que classificou como “obra inconteste, exemplo de sacerdote, de homem e de brasileiro” de dom Eugenio em seus 60 anos de dedicação à igreja, Davim sublinhou a criação da primeira Campanha da Fraternidade, em 1962, e de pastorais como a do Trabalhador, das Favelas, das Domésticas e da Cultura.
O senador ressaltou que dom Eugenio chegou a contrariar ditames do regime militar ao visitar presos políticos e proteger cerca de cinco mil refugiados políticos de toda a América Latina.
- Certa vez, perguntaram a dom Eugenio se ele era progressista ou conservador. Dom Eugenio respondeu que nunca tinha pensado em ser progressista ou conservador. Ele disse que teria que ser o que ele era: um mero pregador do Evangelho.
Agência Senado

Nenhum comentário: