segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Eleição de Dr.ª Fátima ainda repercute em Ouro Branco e no RN

A primeira mulher prefeita de Ouro Branco quebra tabu de quase 20 anos de poder
Momento em que a doutora e o doutor votaram
Aproximava-se das 16 horas deste domingo (07), quando muita gente trajando camisetas vermelhas tomava conta das ruas de Ouro Branco. Foi assim durante todo o dia, quando se via a maioria dos eleitores indo votar com roupas rubras.
Já bem próximo da hora da divulgação do resultado das eleições, muitos se aglomeravam em frente à Escola Municipal José Nunes de Figueiredo.
A cada urna apurada, a vibração era externada por gritos.
Assim que se consagrou o resultado, o povo saiu às ruas para comemorar, em passeata. A Praça Aluísio Alves ficou lotada.
Durante toda a campanha, vinhamos noticiando de que cada ato, cada acontecimento, apontava para um acontecimento histórico.
O que prevíamos, vimos se consagrar neste segundo domingo de outubro.
Após 20 anos no poder, o sistema governista em Ouro Branco viu uma derrota histórica. Primeiro, por ter sido uma campanha conturbada, pois enfrentou muitos problemas na justiça, tendo que passar para os seus eleitores que tudo estava bem, quando na realidade não estava.
Mas o que vem a ser mais marcante é o fato de a Dra Fátima ser a primeira mulher a governar a cidade de Ouro Branco, nos seus 107 anos de existência, e 60 anos de emancipação política, no próximo ano.
Venceu a vontade do povo.
Fonte: Lenilson Azevedo - Acesse: lenilsonazevedo.com 

Nenhum comentário: