terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Blog do Paulo Júnior com acessos em Gâmbia

Quero agradecer aos internautas de Gâmbia por acessar o Blog de Paulo Júnior. 





Saiba mais sobre a Gâmbia: 

Gâmbia, oficialmente República da Gâmbia, é um país da África Ocidental que rodeia o curso inferior do Rio Gâmbia. Tem uma pequena extensão de litoral Atlântico, a oeste, e uma extensa fronteira com o Senegal por todos os outros lados. Sua capital é Banjul. Reza a história que os franceses propuseram aos ingleses que apenas teriam posse doterritório que conseguissem atingir com as balas de canhões, colocados ao longo do rio. Ainda que não haja evidências históricas desta peculiar definição de fronteira, os habitantes locais contam que o país foi assim definido, “a bala de canhão”.

A Gâmbia é um dos menores países da África. Trata-se de uma longa faixa de terra pantanosa que se estende ao longo de cerca de 320 km para o interior da África ocidental mas nunca atinge os 50 km de largura, ao longo das duas margens do rio Gâmbia, navegável em todo o seu curso gambiano. O país também inclui a ilha de Saint Mary, na foz do Gâmbia, onde se ergue a capital, Banjul, e a ilha James, que foi declarada Património Mundialpela UNESCO.
clima é tropical, semelhante aos do vizinho Senegal, do sul do Mali e do norte do Benim. De junho a novembro há uma estação quente e bastante chuvosa. De novembro a maio as temperaturas são mais baixas e a estação é seca.4
O país possui pouco mais de 1,6 milhão de habitantes, o que revela uma densidade de 140 habitantes por quilômetro quadrado. O país, apesar de possuir um território muito limitado, de apenas 11.295 quilômetros quadrados, apresenta diversas etnias. Grande parte da população é composta pelos mandingas (42%). Logo em seguida vem os fulanis, com 18%, os ulofes (16%), os jolas (10%), os seraulis (9%) e ainda outras etnias que, somadas, respodem por 5% dos gambianos. 99% da população é negra. Apenas 1% é branca, descedente principalmente de europeus, entre outros povos.
A projeção de 2007 indica que 56% da população do país vive nas cidades. A taxa de analfabetismo preocupa muito as autoridades, por ser muito alta, 57,5%. Apenas 42,5% da população acima dos 15 anos é alfabetizada.

Nenhum comentário: