sábado, 22 de junho de 2013

CONCURSO DE QUADRILHAS JUNINAS NESTE SÁBADO EM SÃO FERNANDO

A quadriha Arraiá da Serra de São Fernando será uma das participantes do Festival de Quadrilhas, neste sábado, dia 22 de junho, na Praça Pública de São Fernando. 


A animação da festa seré de BENÉ, TECLADOS E FILHOS. 
Vejam alguns flashes da Quadrilha Arraiá da Serra, de São Fernando-RN. 



Cantor e compositor Dão Nunes tem música classificada nas eliminatórias do Forraço da InterTV Cabugi

Natural de Patos-PB e com raízes no Seridó, o cantor e compositor Dão Nunnes está classificado para a eliminatória do Forraço 2013, da InterTV Cabugi, através da composição da música Cúmulo Nimbus.

“A minha expectativa é muito boa, pois é a segunda vez que me escrevo no Festival Forraço e tive a música classificada. O fato de eu não poder defender a música é em virtude da minha participação na Banda Strelar, na qual teremos 3 shows neste final de semana em Pernambuco, mas a cantora Dodora Cardoso vai interpretar a minha música e isso é motivo de muita alegria para mim”, disse o contrabaixista Dão Nunnes.

Ele começou sua trajetória musical com 16 anos de idade, aprendeu a tocar violão e desde os primeiros acordes se arriscou no mundo da composição. Em 2005 integrou a Banda Bis de São João do Sabugi, além de tocar no Forrozão Aruanda de Santa Luzia-PB, Banda Bodocó em Belo Horizonte-MG, onde despertou para o lado de compositor. “Gosto de falar dos meus pensamentos, meus sentimentos e minhas lutas sociais”, comentou Dão Nunnes.

Ele também faz shows de MPB em barzinhos e outros locais sociais de Caicó e região.

“O mercado existe e há a necessidade da gente ganhar algum trocado na noite. Em Caicó, eu fui muito bem recebido em 2008 e eu quero homenagear Caicó, dedicando a minha música Cúmulo Nimbus que está na disputa do Forraço 2013”, concluiu Dão Nunnes.

Saiba mais sobre o Forraço:
O Forraço se consolida como o maior concurso musical do Rio Grande do Norte. A 11ª edição já tem as músicas selecionadas e no encontro com os representantes locais, ocorreu o sorteio da ordem de apresentação das músicas.
Trinta músicas foram selecionadas para os dias de evento e nas duas primeiras noites, 16 artistas se apresentam em cada dia. A caicoense Dodora Cardoso vai defender a composição de Dão Nunes (Cúmulo Nimbus) neste sábado, dia 22.

A 11ª edição do Encontro Regional de Forró, Forraço, será realizada entre os dias 22 a 24 de junho, no largo do ginásio Nélio Dias, em Natal. A noite da grande final, chamada de "Finalíssima", acontece no dia 24 de junho.

Confira as 30 músicas selecionadas para o 11º Forraço; veja a relação:
 
TÍTULONOTACOMPOSITOR
Meu Sotaque9,7Zé Hilton
Flor de Cantigueira9,5Leão Neto
Arraiá do Bem-me-quer9,3José Roberto de A. Cunha
Só não acabe o Forró9,0Zeca Brasil
Vou conquistar o teu amor9,0Kiko Alves (Frnacisco Alves Filho)
Riacho dos Olhos d'água9,0Vando Monte
Tucum no Mussambé9,0Agnelo Gouveia
Lamento do Sertanejo9,0Antonio Barbosa e Maria de Jesus
Tudo Mudou8,9Júlio Lima
Simpatia Junina8,8Fábio Monteiro
Felicidade Vem das Coisas Simples8,7Cesar Holanda
Nordestino Nato8,7Hélio Crisanto
Natureza Tua8,6Thiago Torres
Seca no Sertão8,5Celma Gomes
Dançar com Você8,5Giovani Montine
Cultura Potiguar8,5Waldir Luzz
Predadores do Mundo8,4Zé Lima
Paixão Sertaneja8,3João Batista de Araújo
Retorno8,2João Torres
Panela Vazia8,0Juraci Nunes Júnior e Franklin Araújo
Nosso Amor Nunca Morreu8,0Mário Lúcio Barbosa Cavalcanti
Nas Estradas do Sertão8,0José Ronaldo de Lima
Caminho Invertido7,8Antonio Lima
O Sertão Virou Canção7,8Ana Paschoal
Festa no Sertão7,6Maurício Antonio de Souto
Seca Tirana7,4Agatangelo Galvão da Silva
Sorriso Sedutor7,3Gilson Wanderley
Valores7,2Ranniere Mendes
Acaso7,1Cristiane da Penha Silva Velasque
Aconchego Meu7,1Francisco Dalvino e Cliderman
Cúmulo Nimbus 7,0 Damião dos Santos Nunes
Lamento Seco7,0Igor Fernando da Silva

Por Paulo Júnior
Jornal Correio do Seridó
e Portal Correio do Seridó: www.correiodoserido.net

Brasil goleia Itália em teste 'de verdade' e vai à semifinal como 1º do grupo

Contra um campeão do mundo, num jogo que valia três pontos e sem conseguir repetir sua estratégia de marcar um gol nos minutos iniciais, o Brasil teve um teste “à vera” neste sábado. Contanto com a genialidade de Neymar, conseguiu vencer a Itália por 4 a 2 na Fonte Nova, em Salvador, e garantiu o primeiro lugar no grupo A da Copa das Confederações. Com o resultado, o time treinado por Luiz Felipe Scolari enfrentará na próxima quarta-feira, em Belo Horizonte, o segundo colocado do grupo B.

Como nas vitórias contra Japão e México, o Brasil começou o jogo num ritmo arrasador. Sem deixar a Itália passar do meio de campo, dominou a partida no início e criou chances de gol.


Já no primeiro minuto, a seleção criou duas chances de gol, a primeira com Neymar, que recebeu passe de Fred, mas foi travado na hora do chute pela zaga italiana. Na sequência, ele chutou forte de esquerda e obrigou Buffon a fazer grande defesa.

Ampliar

Brasil e Itália se enfrentam na Arena Fonte Nova 36 fotos

Neymar corre de braços abertos após marcar segundo gol do Brasil sobre a Itália Flavio Florido/UOL
 
Esse ritmo seguiu por pelo menos 10 minutos. Diferentemente dos primeiros dois jogos da Copa das Confederações, o Brasil não conseguiu abrir o placar de forma repentina.

Depois de levar sustos no início, a Itália conseguiu tranquilizar o jogo. Com uma forte marcação, dificultou a entrada dos jogadores brasileiros na sua área. A seleção podia até ter posse de bola, mas já não assustava como nos minutos iniciais.


O Brasil começou com uma formação de ataque um pouco diferente dos jogos anteriores. Neymar jogava mais avançado, pela direita, como um segundo atacante ao lado de Fred.  Mais recuados estavam Oscar e Hulk, no meio campo. Sem conseguir entrar na área italiana, o time alternava alguns momentos com Neymar aberto pela direita e Hulk pela esquerda, com Fred centralizado.


Para abrir o placar, o Brasil precisou de uma jogada de bola parada. Neymar cruzou, Fred escorou de cabeça, mas Buffon salvou. No rebote, Dante, que havia entrado no lugar de David Luiz, marcou. O baiano estava impedido no lance.


No segundo tempo, o time de Luiz Felipe Scolari voltou com o mesmo intuito, com mais posse de bola, mas ainda com dificuldade de entrar na área dos italianos. Os rivais da seleção contra-atacavam com velocidade. Foi assim que empataram a partida. Após um lançamento de Buffon, Maggio desviou de cabeça, Balotelli deu um passe magistral de letra para Giaccherini. O meia dominou e chutou cruzado, sem dar chances para Júlio César.


Mesmo com o gol, o Brasil não se abateu e seguiu buscando a vitória. Três minutos após ver a Itália igualar o placar, Neymar colocou a seleção à frente. Em cobrança de falta, o atacante enganou Buffon e fez o 2 a 1.


Tranquilo em campo, o Brasil viu a Itália avançar, mas seguia tendo o domínio da partida e levando perigo aos rivais nos contra-ataques. Após lançamento de Marcelo, Fred, que ainda não tinha marcado na Copa das Confederações, dominou, avançou com a bota e chutou de canhota no gol de Buffon.


Os italianos não desistiam do jogo e, aos 25 minutos do segundo tempo, conseguiram diminuir a diferença. O gol surgiu após uma cobrança de escanteio. Balotelli foi puxado, mas a bola sobrou para Aquilani, que tocou para Chiellini marcar. Os jogadores brasileiros reclamaram que o juiz havia marcado pênalti, por isso pararam na jogada.


Após reclamações e, claro xingamentos da torcida, Ravshan Irmatov, do Uzbequistão, confirmou o gol. O árbitro, que deu 4 cartões amarelos, sendo que um deles para Neymar, foi o principal alvo da torcida. Num jogo onde tudo deu certo para a seleção e até Balotelli chegou a ser aplaudido pelos brasileiros, alguém tinha que ser o vilão.

Nos minutos finais, o Brasil conseguiu ampliar o placar, com mais um gol de Fred. Depois de chute de Marcelo, Buffon defendeu, mas deu rebote. Fred aproveitou e tocou para as redes.

Paulo Passos
Do UOL, em Salvador

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Forlán decide em jogo 100 pela seleção e põe Uruguai no caminho do Brasil

Diego Forlán está aliviado ao acabar com um jejum de mais de um ano sem marcar gols por sua seleção. O dia foi especial para o atacante do Internacional que voltou a balançar as redes em seu jogo número 100 com a camisa do Uruguai e foi decisivo na vitória por 2 a 1 sobre a Nigéria, pela Copa das Confederações.

O feito de Forlán colocou o Uruguai bem próximo do caminho do Brasil nas semifinais, caso Neymar e companhia cumpram seu papel e garantam ao menos um empate com a Itália, sábado, em Salvador. Com o Brasil confirmado em primeiro lugar no grupo A, o confronto estaria praticamente definido.

O Uruguai chega a três pontos e não deve ter trabalho para aplicar uma goleada sobre o Taiti, que amarga derrotas vexatórias (6 a 1 para Nigéria e 10 a 0 para Espanha) até agora na competição. Só dependerá de um triunfo da Fúria, campeã do mundo, sobre a Nigéria.
Além de dar alívio à sua equipe, que sofreu com problemas extracampo no Brasil e fez um jogo ruim contra a Espanha, Forlán atingiu mais uma façanha. Voltou a ser o maior goleador da seleção uruguaia em uma briga particular com um companheiro ao ultrapassar Luis Suárez. São 34 gols para o Colorado, contra 33.

O Uruguai que entrou em campo nesta quinta-feira pouco se assemelhava ao time que levou um ‘sufoco’ da Espanha. Com bom posicionamento tático, a equipe pressionou e encurralou a Nigéria em seu campo de defesa, obrigando os rivais a dar chutões para frente nos minutos iniciais.
A Nigéria equilibrou o jogo, mas foram os uruguaios presentes em Salvador quem sorriram primeiro em jogada dos pés de um ídolo são-paulino. O zagueiro Diego Lugano recebeu cruzamento de Forlán, contou com o erro de Cavani que furou o chute e empurrou para o gol vazio aos 18 minutos.

Mas o domínio Celeste durou pouco. O Uruguai voltou a apresentar a falhas vistas diante da Espanha.  Suárez e Cavani ficaram isolados no ataque em um time com laterais que pouco apoiavam e três volantes. Após o gol, eles recuaram e não conseguiam armar contra-ataques.

A equipe africana conseguiu se organizar e se lançou ao ataque. Os laterais ganharam liberdade para chegar à frente, ajudados pelos atacantes que exerciam bem o papel da marcação. Tiveram a seu favor ainda o pequeno poder defensivo dos atacantes rivais.

Dessa forma, teve paciência, tocou bola, esperou o momento certo e parecia saber que o gol era questão de tempo. Mikel encontrou espaço pelo meio e aproveitou uma grande bobeira da zaga. 

Lugano permitiu um drible bobo que resultou no gol aos 36 minutos. O jogo esfriou nos minutos finais com os dois times à espera do intervalo.

A bronca do técnico Óscar Tabárez surtiu efeito no intervalo. Logo com cinco minutos, o ‘trio sensação’ mostrou sua eficiência e marcou um golaço. Suárez roubou a bola e tocou para Cavani. 

De primeira, ele rolou para Forlán, que chegou batendo de primeira no ângulo de Enyeama.

O Uruguai provou que voltou com outra postura em campo e corrigiu os erros de posicionamento. O time acertou a marcação dos adversários e, vencendo o jogo, esperava uma boa oportunidade de contra-ataque.

Ao lado de Cavani, uruguaio Diego Lugano (e) comemora gol marcado contra a Nigéria AFP PHOTO / VINCENZO PINTO
 
A Nigéria tentava pressionar, mas passou a errar muito. Uma de suas principais armas ofensivas, meio-campista Mikel ficou afastado dos atacantes e não conseguia mais jogar tão solto. Os africanos já sentiam o cansaço, enquanto o Uruguai se fechava todo em sua defesa e dava chutões até confirmar o resultado. 

Do UOL, em São Paulo

Gestores do Ipem participam de eventos no Rio e Brasília

Esta semana, gestores do Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte (Ipem-RN) marcaram presença em eventos importantes. De 17 a 19 de junho, em Itaipava (RJ), representantes da Rede Brasileira de Metrologia Legal e Qualidade do Inmetro (RBMLQ-I) participaram da Reunião de Cenários – Planejamento de 2014 a 2017 da rede.



O diretor Carlson Gomes; o chefe de gabinete Alex Reginaldo; os coordenadores jurídico, financeiro, operacional e de informática Vinícius Medeiros, Leonardo Lisboa, Rosângela Ramalho e Lucélio Wallison, respectivamente; além dos chefes da Qualidade e do Ipem-Mossoró, Fabiana Macedo e Luis Fonseca, e do contador Fausto Carvalho, representaram o Ipem-RN no encontro.



“Ficamos informados sobre os produtos que entrarão na lista de verificação do Inmetro, em todos os setores: Qualidade, Instrumentos e Pré-Medidos; assim como os que sairão dessa lista de fiscalização, dentre vários outros assuntos relacionados ao nosso trabalho”, pontua Alex Reginaldo.



Consumo e Saúde



Em Brasília, no dia 19, membros de órgãos e entidades que integram o Sistema Nacional de Defesa do Consumidor, o Sistema Nacional de Vigilância Sanitária e a Rede Brasileira de Metrologia Legal e Qualidade participaram do II Seminário de Internacional de Consumo Seguro e Saúde, realizado na Esplanada dos Ministérios. O diretor Carlson Gomes participou do evento, cujo objetivo era reunir as diversas autoridades em nível federal, estadual e municipal que atuam na proteção da saúde e segurança do consumidor para nivelar e compartilhar informações sobre consumo seguro e saúde.



“É importante participar de eventos como esse, que proporcionam a integração entre os órgãos e nos permitem levar para o nosso Estado novas informações, que serão utilizadas para criar ações que beneficiem o consumidor potiguar”, ressalta o diretor do Ipem-RN.  



Modelos nacionais e internacionais de vigilância de mercado de produtos; integração interinstitucional e a articulação entre os órgãos federais e estaduais de Segurança de Produtos de Consumo e Metrologia, Defesa do Consumidor e Vigilância Sanitária; formas de apoiar os órgãos participantes na implementação de ações locais que contemplem instrumentos de fortalecimento da proteção da saúde e segurança dos consumidores foram os temas abordados no seminário.


------------------------------------------------------------------------
Deyse Moura - Assessora de Comunicação Ipem-RN

Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte

Órgão Delegado Inmetro - (84) 3222-4091 | 8829-4199
www.ipem.rn.gov.br | 
facebook.com/ipemrn | @ipemrn

Presidente da Câmara retorna a Brasília nesta quinta

Henrique Eduardo Alves antecipou volta ao Brasil e embarcou na madrugada em São Petersburgo. Ele deve chegar às 16h00 em São Paulo. Votação da PEC 37 foi adiada

Brasília (DF) - O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, antecipou seu retorno ao Brasil para esta quinta-feira (20). Ele embarcou na madrugada em voo em São Petersburgo, na Rússia, e deverá desembarcar em São Paulo às 16h00, de onde segue direto para Brasília.
Henrique Eduardo Alves quer acompanhar de perto as manifestações populares previstas para hoje no Distrito Federal. Em todo o momento em que esteve em Moscou e em São Petersburgo, o presidente da Câmara esteve em permanente contato com a Diretoria-Geral, com o vice-presidente, André Vargas (PT-PR), e com o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz.


PEC 37A votação da Proposta de Emenda à Constituição 37/11, que redefine as atribuições do Ministério Público e das polícias civis e federal em relação à investigação criminal, foi adiada em função de reunião do grupo de trabalho que discute o texto, prevista para a terça-feira (25). 

Também retorna ao Brasil, junto de Henrique Eduardo Alves, o líder do governo, Arlindo Chinaglia (PT-SP). Os outros deputados que estão em missão oficial na Rússia deverão voltar ao Brasil na sexta-feira (21). Hoje, a agenda da missão oficial foi coordenada pelo líder do PMDB, Eduardo Cunha (RJ). Ainda permanecem em São Petersburgo os líderes do PPS, Rubens Bueno (PR); do DEM, Ronaldo Caiado (GO); e os deputados Bruno Araújo (PSDB-PR), Fábio Ramalho (PV-MG) e Felipe Maia (DEM-RN).


Corte Constitucional
Nesta quinta-feira, a delegação brasileira reuniu-se com dirigientes da Corte Constitucional da Federação Russa. Na reunião, os parlamentares conversaram sobre as diferenças e semelhanças dos sistemas judiciários brasileiro e russo. O presidente da Corte, Valery Zorkin, ficou impressionado com o acesso da população brasileira às informações do Poder Judiciário, particularmente com o sistema de comunicação que inclui a TV Justiça.

Ainda nesta quinta-feira, a missão oficial esteve na Assembleia Legislativa de São Petersburgo, onde foi recebida pelo presidente da Casa, Viatcheslav Makarov. Ele manifestou o interesse em reforçar as relações culturais e comerciais entre os dois países, especialmente para fortalecer o Brics, grupo de países que inclui Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

Assessoria de Imprensa
presidência da Câmara dos Deputados
Fotos: Sandra Inácio
Twitter: @HenriqueEAlves

Nesta quinta(20) pacientes psiquiátricos festejam São João no Hospital Severino Lopes

A alegria e a animação tomam conta do Hospital Severino Lopes no dia de hoje (20/06). A partir das 14h30, os pacientes participaram da festa Junina promovida pelo Hospital na área de recreação da instituição. 

Na programação do evento, o destaque é a quadrilha dos pacientes que vem sendo ensaiada pelo prof.º de Educação Física, Ilton Alves, e aguardada com bastante ansiedade. A festa contará ainda com um trio de Forró e muito arrasta-pé, distribuição de comidas típicas e sorteio de balaio.

Para os pacientes esses momentos são terapêuticos. Alem de alegrar a rotina hospitalar, significa uma ação de inclusão dos pacientes no contexto social, sendo uma oportunidade de interação entre as pessoas. 

Outra aspecto importante da festa é que contará com a participação das famílias contribuindo para o fortalecimento dos laços e para manifestação da afetividade.

Popularidade do governo Dilma cai 8 pontos, indica CNI/Ibope


Governo foi considerado ótimo ou bom para 55%, contra 63% em março; aprovação da maneira de governar também registrou queda de 79% para 71%

Popularidade do governo Dilma cai 8 pontos, indica CNI/Ibope
Ed Ferreira/AE
"Pesquisa foi realizada entre 8 e 11 de junho"

A avaliação do governo Dilma piorou em junho na comparação com março, segundo pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta quarta-feira, 19. O levantamento aponta que a proporção da população que considera o governo ótimo ou bom caiu de 63% para 55% no período. A proporção de pessoas que considera o governo ruim ou péssimo cresceu de 7% para 13% - o que, segundo a CNI, é o maior porcentual desde o início do governo. Os outros 32% consideram o governo regular.

A pesquisa foi realizada entre os dias 8 e 11 deste mês, antes da intensificação dos protestos no País. A primeira manifestação em São Paulo ocorreu no dia 6 de junho, mas os protestos tomaram força a partir do dia 13, quando houve confronto entre manifestantes e policiais na capital paulista. As vaias à presidente, na abertura da Copa das Confederações, em Brasília, ocorreram no dia. 

Foram ouvidas 2.002 pessoas em 143 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

De acordo com o levantamento, a aprovação da maneira de governar da presidente também caiu de 79% para 71%. Essa é a segunda pesquisa CNII/Ibope deste ano. 

Na primeira pesquisa do ano do CNI, os índices de aprovação do governo acompanhavam tendência de alta em relação aos dois levantamentos anteriores, realizados nos meses de março de 2012 e de 2011. No levantamento divulgado nesta quarta, de acordo com o CNI, seis das nove áreas de atuação do governo foram desaprovadas pelos entrevistados: segurança pública, saúde, impostos, combate à inflação, taxa de juros e educação. 

O boato sobre o fim do programa Bolsa Família foi a notícia relacionada ao governo mais lembrada pela população.
No começo de junho, pesquisa do instituto Datafolha também apontou queda na popularidade da presidente. O porcentual de brasileiros que avaliavam o governo como ótimo e bom passou de 65% no mês de março para 57% neste mês. 

Na ocasião, interlocutores do governo afirmaram que o recuo representava "oscilação normal", causada por fatores como a inflação dos alimentos, o "incidente" com o Bolsa Família e a seca no Nordeste.

Veja mais:
·         Combate à inflação é desaprovado por 57%, diz CNI/Ibope

Globo muda a programação e desiste de jogo da Espanha para não desrespeitar regra da Fifa


Crédito: AFP PHOTO / CHRISTOPHE SIMON

A Globo desistiu de exibir a partida entre Espanha e Taiti, esta tarde no Maracanã, para poder mostrar “flashes” dos protestos em diferentes cidades do país. A Fifa (Federação Internacional de Futebol) não permite a interrupção da transmissão de uma partida para exibição de outros conteúdos.

Espanha e Taiti estava na programação inicial da Globo e sua exibição foi confirmada na quarta-feira (19) no site da emissora. A decisão de cancelar foi tomada nesta quinta-feira (20). Questionada pelo UOL, a emissora explicou:
“Pelas regras da Fifa, quando iniciada a transmissão de um jogo, esta não pode ser interrompida. Assim, embora estivesse planejada a exibição do jogo Espanha X Taiti, optamos por seguir com nossa programação normal, para nos dar mais flexibilidade para acomodar a cobertura das dezenas de manifestações agendadas em várias cidades brasileiras. 

Desde às 15h45, a Patrícia Poeta tem entrado na programação com flashes dos protestos em todo país.”
A decisão da Globo beneficiou a Band, única emissora aberta a mostrar a partida. 

Dados prévios do Ibope, entre 16h e 17h48, indicam que a emissora paulista ficou em segundo lugar. Veja os números: Globo, 11,8 pontos, seguida por Band (7,5), e SBT (4,8) e Record (4,7).

Por Mauricio Stycer

Torres dá show, Espanha arrasa e classifica

Fúria jogou com reservas, mas mesmo assim aplicou a maior goleada da história da Copa das Confederações e eliminou os taitianos
Fernando Torres comemora gol na vitória contra Taiti nesta noite / Nelson Almeida/AFP Fernando Torres comemora gol na vitória contra Taiti nesta noite Nelson Almeida/AFP
A dúvida era de quanto seria a goleada da Espanha. E até que a Fúria economizou no esforço, mas não em gols contra o Taiti. Atropelamento de 10 a 0 no Maracanã, nesta quinta-feira, pela segunda rodada do Grupo B da Copa das Confederações. Parecia um time de faculdade jogando contra crianças do maternal. Fácil demais.

Veja o lances e as estatísticas da competição.

Em uma tarde em que a Espanha foi a campo com os reservas - formação que deixa muitas seleções nacionais no chinelo - Fernando Torres foi o artilheiro, com quatro gols. Villa (3), Silva (2) e Mata completaram a farra de bolas na rede. Foi a maior goleada da história da Copa das Confederações.

Os espanhóis ficaram muito perto da classificação às semifinais. A confirmação pode vir depois do confronto entre Nigéria e Uruguai, ainda nesta quinta, às 19h. A Fúria encerra a participação na primeira fase do torneio contra os nigerianos, domingo, em Fortaleza. Eliminados, os taitianos pegam os uruguaios, no Recife. Ambos os jogos serão às 16h.

Não dá nem para falar em tática em um jogo como esse. Deixando algumas formalidades futebolísticas de lado, é impossível ignorar o fato de o Taiti ter saído de campo, de certa forma, como "vencedor". Na batalha da posse de bola, a seleção conseguiu até ter desempenho superior ao Uruguai, primeiro adversário espanhol na competição. Evitar o tiki-taka da Fúria não deu, mas pelo menos 38% da posse foram dos taitianos (os uruguaios tiveram 28% na estreia, segundo o Footstats).

Como no primeiro jogo, no Mineirão, os taitianos conquistaram a torcida. Simpáticos, carismáticos e leais - eles não apelam para a pancada -, a seleção distribuiu os cordões nativos de sempre, não escondeu a felicidade por entrar em campo em uma competição do quilate da Copa das Confederações e, apesar de estarem perdendo só de 1 a 0 até os primeiros 30 minutos de jogo, mostraram que ainda estão a anos-luz de praticar um futebol, no mínimo, razoável.

Segundo tempo

A Espanha saiu para o intervalo vencendo por 4 a 0, com os atacantes emburrados por causa das vaias e gritos de olé da torcida brasileira nas raras trocas de passe taitianas, e ainda assim voltou para o segundo tempo com um zagueiro a menos - Sergio Ramos dando lugar a Jesus Navas.

O massacre ficou completo na etapa final, com mais seis gols, mesmo com a torcida gritando "vamos virar Taiti". E olha que Fernando Torres até perdeu pênalti! Não fez falta, evidentemente.

FICHA TÉCNICA

ESPANHA 10 X 0 TAITI

ESPANHA:
Reina, Azpilicueta, Sergio Ramos (Jesus Navas, intervalo), Albiol e Monreal; Javi Martínez, Cazorla (Iniesta, 30'/2ºT) e David Silva; Juan Mata (Fàbregas, 24'/2ºT)), Fernando Torres e David Villa. Técnico: Vicente Del Bosque

TAITI: Roche, Aitamai, J.Tehau, Vallar, Ludivion e Lemaire (Vero, 34'/2ºT); Vahirua, Bourebare (L. Tehau, 24'/2ºT), Caroine; Chong Hue e A. Tehau (T. Tehau, 8'/2ºT). Técnico: Eddy Etaeta.

Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Data/Hora: 20/6/2013, às 16h
Árbitro: Djamel Haimoudi (ALG)
Auxiliares: Redouane Achik (MAR) e Abdelhak Etchiali (ALG)
Gols: Torres, 5'/1ºT (1-0), David Silva, 31'/1ºT (2-0); Torres, 33'/1ºT (3-0); Villa, 38'1ºT (4-0); Villa, 3'/2ºT (5-0); Fernando Torres, 13'/2ºT (6-0); David Villa, 19'/2ºT (7-0); Mata, 21'/2ºT (8-0); Fernando Torres, 33'/2ºT (9-0); David Silva, 44'/2ºT (10-0)
Cartões amarelos: Cazorla (ESP).

FLASHES DO PROTESTO EM CAICÓ

































Confiram as fotos do Protesto que ocorreu nesta quinta-feira, dia 20, em Caicó, com vários estudantes, funcionários públicos municipais, estaduais e federais, jovens, adolescentes, além de pessoas de várias entidades e sociedade civil organizada. 

A caminhada partiu do Hotel Regente e seguiu pela Avenida Cel. Martiniano, com os participantes protestando pacificamente por melhorias na saúde, educação, moradia, contra a corrupção e em favor dos menos favorecidos na sociedade. Fotos de Paulo Júnior - Jornal Correio do Seridó