terça-feira, 8 de abril de 2014

Adriano marca, mas Atlético-PR cai na altitude e é 1º brasileiro eliminado

Não deu para o Atlético-PR. Apesar do gol de Adriano, que voltou a balançar as redes após mais de dois anos, a equipe rubro-negra não resistiu aos mais de três mil metros de altitude de La Paz e acabou derrotado por 2 a 1 pelo The Strongest-BOL, em jogo disputado na noite desta terça-feira. Desta forma, deu adeus à Copa Libertadores e foi o primeiro time brasileiro eliminado da atual edição da competição internacional.
Com o resultado, o The Strongest – que nesta terça completa 106 anos de história – foi a dez pontos, ultrapassou o Atlético-PR, que estacionou nos nove, e acabou ficando com a segunda vaga do grupo 1. A primeira é do Vélez Sarsfield, que mesmo já classificado, superou o Universitário-PER por 1 a 0 e chegou aos 15 pontos em seis rodadas.
Pelo começo do jogo, o Atlético-PR até deu mostras de que poderia se dar bem na altitude de La Paz. Aos 10min, em contra-ataque muito bem puxado pelo Marcelo, Éderson recebeu dentro da área pelo lado esquerdo, puxou para a direita e bateu com muito perigo. Mas foi só.
A partir daí, o time da casa começou a tomar conta do jogo e a pressão passou a ser insuportável. Enquanto Adriano não se encontrava no ataque, o goleiro Wéverton salvava o Atlético-PR lá atrás. Fez dois milagres, aos 35 e aos 37. Mas aos 38min não teve jeito.
Após cruzamento para a área, Wéverton afastou com as pontas dos dedos e acabou trombando com um companheiro. Nisso, a bola voltou para Soliz, que jogou a bola para o alto, em direção à pequena área; entre vários defensores do Atlético-PR, Manoel acabou mandando de cabeça contra a própria meta. 1 a 0 e festa no estádio Hernando Siles. Do UOL, em São Paulo

Nenhum comentário: