terça-feira, 3 de junho de 2014

DEM decide não lançar candidatura própria ao governo do RN

agripino jornalistas
A Governadora Rosalba Ciarlini não poderá disputar a eleição para governo do Estado neste ano. 
É que o Diretório Estadual do Democratas no Rio Grande do Norte decidiu nesta segunda-feira (2) não lançar candidatura própria ao governo do Estado e, portanto, formar aliança na chapa proporcional para as eleições de outubro. 
A votação, que ocorreu na sede do partido em Natal, teve o seguinte resultado: dos 59 votantes, 45 optaram para que o Democratas faça coligação na chapa proporcional, 10 votaram favorável para que a legenda forme uma chapa majoritária, houveram 2 abstenções, 1 voto em branco e 1 voto nulo.
Durante a reunião, o presidente estadual do partido, senador José Agripino, facultou a palavra aos diretorianos. A governadora Rosalba Ciarlini no uso da palavra, fez um balanço da sua administração e expôs o desejo de ser candidata à reeleição. 
Em seguida, a chefe do executivo se absteve de votar e deixou a reunião na companhia de seus assessores alegando que o encontro do diretório não deveria definir os rumos do partido. 

De acordo com o presidente da sigla, o Diretório é o órgão máximo consultivo do partido, formado por “personalidades emblemáticas que traduzem legitimamente a expressão política e a história do Democratas” (ex-PFL). “Meu papel era ouvir o partido, o que fiz aqui hoje. É minha obrigação defender que ele (o partido) sobreviva”, declarou.
Para Agripino, o resultado da votação demonstra claramente o desejo do partido de priorizar o crescimento da legenda, principalmente na Assembleia Legislativa e na Câmara dos Deputados. 
“Para a maioria dos membros do Diretório, uma candidatura própria, neste momento, isolaria o partido e dificultaria a eleição de postulantes aos cargos de deputado estadual e federal”, ressaltou o líder do DEM. A convenção estadual do Democratas já está marcada para o próximo 15 e será realizada na sede do partido na av. Amintas Barros 4448, no bairro de Morro Branco, em Natal.

Nenhum comentário: