sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Doméstica sofreu três cutiladas de faca peixeira no Belo Horizonte depois que se identificou como sobrinha de um militar

MULHER MOSSORÓ 2

Uma mulher de 35 anos de idade foi vítima de uma tentativa de homicídio depois que se identificou para uma colega como sobrinha de um policial militar. O crime aconteceu no final da tarde de quinta-feira, 25 de dezembro de 2014, na Rua Capitão Luiz Firmino, no Bairro Belo Horizonte em Mossoró no Rio grande do Norte.

Segundo relatos, Luciana Dantas da Silva, moradora do bairro Santo Antônio, bebia em companhia de uma suposta amiga, as duas esposas de presidiários e quando Luciana se identificou como sobrinha de um Policial, foi apunhalada três vezes, pela companheira, sem que houvesse qualquer tipo de discussão.

O blog O Câmera informou que a acusada não foi localizada. Luciana foi socorrida por populares para a Unidade de Pronto Atendimento do bairro e depois de receber os primeiros socorros, foi transferida pela equipe de uma Unidade com Suporte Avançado do Samu para o Hospital Regional Tarcísio.

Nenhum comentário: