terça-feira, 12 de janeiro de 2021

Concurso audiovisual no Seridó abre inscrições

 


O audiovisual hoje é uma tendência mundial. Cada vez mais, as pessoas estão familiarizadas com os smarthphones e celulares e produzindo conteúdos para as mídias sociais. A região Seridó, no interior do RN, vem vivenciando uma efervescência nesse segmento, com o surgimento de novos realizadores e vitrines como festivais e mostras que surgiram nos últimos anos.

Pensando nisso, o Seridó Cine – Festival Audiovisual lançou o concurso “Filme na Mão”, que tem como objetivo estimular a produção audiovisual na região do Seridó. As inscrições estão abertas até o próximo dia 20 de janeiro no site do festival www.seridocine.com.br/concurso-e-oficinas.

Ao todo, serão destinadas 60 (sessenta vagas) para pessoas comprovadamente nascidas e residentes na região Seridó. Os interessados em participar do concurso devem se inscrever em uma das oficinas disponibilizadas pelo festival, tendo como facilitadores os realizadores Sihan Felix e Gustavo Guedes.

As oficinas serão realizadas no período de 22 a 24 de janeiro em ambiente virtual. O inscrito poderá escolher o turno que quer participar (manhã ou tarde). Os filmes deverão ser fruto das oficinas e vão receber premiações de incentivo para os 10 (dez) melhores filmes.

Todos os filmes produzidos serão exibidos na plataforma de streaming do Seridó Cine em uma Mostra Especial, no período do festival de 8 a 13 de fevereiro.

O Concurso integra a programação comemorativa dos dez anos da Referência Comunicação. Criada em 2011, pelos sócios Diego Vale e Raildon Lucena, a Referência vem estimulando a cadeia da economia criativa a partir de vários empreendimentos culturais. Os festivais Seridó Cine e Curta Caicó são frutos desse trabalho que está fomentando o audiovisual no interior do Rio Grande do Norte.

O Seridó Cine é uma realização da Referência Comunicação e conta com recursos da Lei Aldir Blanc Rio Grande do Norte, Fundação José Augusto, Governo do Rio Grande do Norte, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal.


 

Ivete e Claudia Leitte farão live juntas no ‘sábado de carnaval’


As cantoras Ivete Sangalo e Claudia Leitte farão uma live juntas no dia 13 de fevereiro, quando seria comemorado o sábado de carnaval em Salvador. As informações foram confirmadas ao G1 nesta segunda-feira (11) pela assessoria de Ivete.

Em novembro de 2020, o então prefeito da cidade, ACM Neto (DEM), anunciou a suspensão do carnaval em fevereiro de 2021 por causa da pandemia causada pelo novo coronavírus. Ainda não há data prevista e o novo calendário vai depender da vacina contra a Covid-19.

Por enquanto, a live ainda não teve horário e duração divulgados. Nas redes sociais, as cantoras ainda não contaram a novidade aos fãs.

Recentemente, Ivete e Claudia lançaram músicas novas nas plataformas de streaming. Em parceria com o funkeiro paulista Mc Zaac, Ivete gravou “Não pode parar”, que também contou com produção de clipe para seu canal no YouTube.

Já Claudia lançou o EP “Sol a Sol”, com quatro músicas inéditas. Uma delas, chamada “Afrontosa”, conta com a parceria do cantor recifense de bregafunk Dadá Boladão.

Namorada mata empresário baiano e comete suicídio em condomínio de luxo em Salvador

 


O empresário Elton Gonçalves Campelo, de 35 anos, foi morto no apartamento de um condomínio de luxo no Bairro Horto Florestal, em Salvador, na Bahia.

De acordo com as primeiras informações da Polícia Civil, o homicídio teria sido cometido pela namorada de Elton, Isabela Valença, de 33 anos, que se suicidou após o crime. Os corpos foram encontrados com marcas de tiros no fim da tarde de domingo (10). O caso é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

A família de Elton é dona da Curtume Campelo, uma empresa tradicional na cidade de Juazeiro, no Norte do estado, especializada em produtos em couro. Elton é filho do empresário Gladston Campelo e da decoradora Elza Campelo e passava férias com a companheira na capital. Numa foto publicada no dia 30 de dezembro em uma rede social, Elza compartilhou que toda a família estava junta nas festas de fim de ano.

Num registro ao lado da namorada publicado no Réveillon, Elton escreveu: “Mais um ano juntos! Nosso dia 1º, sempre mais do que especial. E juntos desejamos um feliz ano novo a todos! Um 2021 de muita saúde, paz, e muitas metas a serem almejadas, alcançadas e conquistadas. Deus no comando, sempre!!”.

A prefeita de Juazeiro, Suzana Ramos (PSDB), emitiu uma nota de pesar pela tragédia. “Recebi com a mais profunda tristeza a notícia da morte de Elton Campelo. Jovem, inteligente e com um futuro enorme pela frente, Elton orgulhava a família e todos os amigos. Ofereço o meu mais afetuoso abraço aos pais, Elza e Gladston como a toda a família Campelo. Que Deus o receba na glória”, escreveu.

Nas redes, amigos da família também lamentaram a morte. Elton foi descrito como um homem tranquilo, sempre empenhado nos empreendimentos que administrava.

“Elza e Gueguê, não tenho palavras para vocês. Nada pode amenizar a brutalidade de uma tragédia destas. Fomos impactados com esta notícia terrível. Prima, Deus a ajude a usar toda força que sempre foi capaz de manifestar nas batalhas. Sei que nenhuma foi tão difícil,mas Deus os ajudará, e um se amparará no outro.Deus conforte seus corações, sentimos muitíssimo”, escreveu em uma rede social Irene Hermenegildo, tia e Elton.

“Elzinha minha querida, quero q saiba que foi com muita tristeza que recebi essa notícia…me solidarizo a você e toda a sua família em oração, pedindo a Deus o conforto dos corações e que ele Deus acolha o seu amado Elton. Os meus sinceros sentimentos e que a alma de seu filho descanse em paz”, disse Laura Maia, amiga da família.

“Minhas condolências, estou triste por demais, trabalhei por anos com eles na empresa, Tom, sempre foi um rapaz maravilhoso, sorriso lindo, todos os colegas de trabalho estão de luto. Tom, descance em paz”, escreveu Maria Alves, ex-funcionária do empresário. Por Jornal Extra

RN confirma sete novas mortes pela covid-19 nas últimas 24 horas

 


O Rio Grande do Norte registrou, nas últimas 24 horas, sete mortes provocadas pela covid-19. Esse quantitativo, somado aos óbitos que ocorreram em outros momentos, mas só foram confirmados agora, eleva para 3.098 o número de pessoas que perderam a vida para a doença.

A informação foi repassada pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), nesta segunda-feira (11), na atualização preliminar dos dados epidemiológicos. 

As mortes recentes aconteceram nos municípios de Patu, Natal, Caicó (2), Mossoró (2) e Severiano Melo. Há ainda 501 falecimentos em investigação para constatar se a causa tem relação ou não com o novo coronavírus; outros 724 já foram descartados até o momento. 

O número de pessoas infectadas pela covid-19 também aumentou no estado potiguar. Com um crescimento de 245 notificações positivas, o RN elevou para 124.523 a quantidade acumulada de casos confirmados para a doença. Outros 63.474 seguem como suspeitos. Desde o início da pandemia, mais de 285 mil casos já foram descartados; isto é, tiveram resultado negativo para o novo coronavírus. 

Sobre a situação dos leitos, o estado potiguar segue com a taxa de ocupação geral dos leitos críticos superior a 60%. Segundo o Regula RN, plataforma que monitora a ocupação dos leitos no território potiguar, esse percentual está, no momento, em 67,4%. Especificando por região, esse índice se apresenta da seguinte forma: metropolitana (62,4%), oeste (73,4%) e seridó (71,4%). 

Ainda de acordo com o RegulaRN, esse cenário de ocupação representa há um total de 299 pessoas internadas com a covid-19 no Rio Grande do Norte, sendo 161 em leitos críticos e 138 em leitos clínicos. 


MEC publica portaria com diretrizes gerais para educação básica


O Ministério da Educação (MEC) publicou, nesta segunda-feira (11), no Diário Oficial da União (DOU), uma portaria com diretrizes gerais para a implementação do novo Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

O texto especifica alguns pontos de outra portaria a pasta, publicada em maio de 2020, que determinou que o Saeb será anual e que os resultados do exame também poderão ser usados para ingresso no ensino superior.

O Saeb é um conjunto de instrumentos que permite a produção e a disseminação de evidências, estatísticas, avaliações, exames e estudos a respeito da qualidade das etapas que compõem a educação básica, que engloba a Educação Infantil, o Ensino Fundamental obrigatório de nove anos e o Ensino Médio.

Atualmente a avaliação é aplicada de dois em dois anos a estudantes dos 2º, 5º e 9º anos do ensino fundamental e da 3ª série do ensino médio. A portaria publicada em maio, diz que, a partir de 2021, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) passará a avaliar os estudantes todos os anos, a partir do 2º ano do ensino fundamental até o final do ensino médio.

Entre outros pontos, a portaria publicada nesta segunda-feira diz que deverão ser formulados novos objetivos para a avaliação dos estudantes do Ensino Médio, que ocorrerá de maneira seriada e será um exame alternativo de ingresso ao ensino superior.

O texto também diz que a Educação Infantil (de 0 a 5 anos) será avaliada a cada dois anos exclusivamente pela aplicação de questionários eletrônicos de natureza não cognitiva.

De acordo com a portaria, o Inep também deve realizar em parceria com estados e municípios, um Saeb censitário, anual e para as quatro áreas do conhecimento da educação básica; ampliar de forma gradativa a população de referência da avaliação e das condições de acessibilidade dos testes e dos questionários, com progressiva aplicação eletrônica dos exames.

As alterações visam ajustar o Saeb às mudanças na Base Nacional Comum Curricular  observadas as Diretrizes Curriculares Nacionais, na Política Nacional de Alfabetização e o novo Ensino Médio.

O Inep deverá formar uma comissão especial, formada por representantes do órgão, do MEC, do Conselho Nacional de Secretários de Educação, União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação, além de pesquisadores para assessorar “técnica e pedagogicamente na formulação dos instrumentos de avaliação e na progressiva ampliação da população de referência do Saeb.

Secretaria de Saúde do RN abre vagas para Programa de Estágio



A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) está selecionando estudantes para o Programa de Estágio Não Obrigatório. O recrutamento ocorrerá exclusivamente mediante cadastro do estudante no site da Escola de Governo, que serão contatados sempre que houver vaga disponível. 

Para isso, os interessados deverão preencher o formulário através do seguinte link: http://sistemas.searh.rn.gov.br/escoladegoverno/estagio/escolhacad.asp

Em Natal, estão sendo ofertadas vagas para os graduandos dos seguintes cursos: Arquitetura e Urbanismo, Assistência Social, Ciências Contábeis, Ciências da Computação, Comunicação Social – Jornalismo, Design Gráfico, Direito, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Gestão Hospitalar, Tecnologia da Informação, Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas e Saúde Coletiva. 

Já em Assu, as vagas são para os estudantes de Nutrição. Em Ceará-Mirim, destinadas para o curso de Gestão Hospitalar. E, nas regionais de São José de Mipibú, Mossoró, João Câmara, Caicó, Santa Cruz e Pau dos Ferros, podem participar os estudantes de Enfermagem.

A seleção começa a partir de 18 de janeiro e será realizada através da ordem do IRA (Índice de Rendimento Acadêmico) e de entrevistas virtuais, por meio do e-mail cadastrado. É importante salientar que os candidatos deverão estar cadastrados no site da Escola de Governo até o dia anterior ao início da seleção. 

O valor da bolsa de estágio é de R$ 1.045,00, acrescido de R$ 51,70 de auxílio-transporte para uma carga horária de 6 horas diárias, ou seja, 30 horas semanais.

Para que o contrato de estágio seja efetivado, o aluno deverá obrigatoriamente ter cursado 50% da carga horária do seu curso e não poderá possuir qualquer outra atividade remunerada no âmbito da Administração Pública Estadual.

Em caso de dúvidas, os interessados deverão entrar em contato através do e-mail estagio.sesap.rn@gmail.com

Reestruturação: Ford fecha fábricas e deixa de produzir carros no Brasil; 5 mil empregos serão afetados


Ford anunciou nesta segunda-feira (11) que encerrará a produção de veículos em suas fábricas no Brasil. No país desde 1919, a montadora mantinha fábricas em Camaçari (BA) e Taubaté (SP), para carros da Ford, e Horizonte (CE), para jipes da Troller.

A marca, que fechou 2020 como a 5ª que mais vendeu carros no país, com 7,14% do mercado, continuará comercializando produtos no Brasil, que serão importados principalmente da Argentina e do Uruguai.

Para isso, serão mantidos o Centro de Desenvolvimento de Produto, na Bahia, e o campo de provas e sua sede administrativa para a América do Sul, ambos no estado de São Paulo.

Motivos da decisão

Em comunicado, a fabricante diz que a decisão foi tomada “à medida em que a pandemia de Covid-19 amplia a persistente capacidade ociosa da indústria e a redução das vendas, resultando em anos de perdas significativas”.

Em carta a concessionários obtida pela Globo, a montadora afirma que “desde a crise econômica em 2013, a Ford América do Sul acumulou perdas significativas” e que a matriz, nos Estados Unidos, tem auxiliado nas necessidades de caixa, “o que não é mais sustentável”, segundo o comunicado.

A montadora cita ainda a recente desvalorização das moedas na região, que “aumentou os custos industriais além de níveis recuperáveis”, e menciona a pandemia e a ociosidade nas linhas de produção, “com redução nas vendas de veículos na América do Sul, especialmente no Brasil”.

“Essa decisão foi tomada somente após perseguirmos intensamente parcerias e a venda de ativos. Não houve opções viáveis”, conclui a carta dirigida aos revendedores.

5 mil empregos afetados

Questionada pelo G1 sobre quantos funcionários serão demitidos, a Ford disse que aproximadamente 5 mil empregos serão afetados com a reestruturação no Brasil e na Argentina. O país vizinho sofrerá ajustes pelo encerramento da produção no Brasil, mas continuará produzindo veículos.

Ao todo, a Ford possui 6.171 funcionários no Brasil. Em Taubaté, 830 funcionários serão demitidos segundo o Sindicato dos Metalúrgicos. A fábrica de Horizonte emprega 470 pessoas.

Com a decisão, os modelos nacionais terão suas vendas interrompidas assim que terminarem os estoques. A empresa garante, porém, que todos os clientes seguirão com assistência de manutenção e garantia.

A partir da decisão, a Ford diz que o país passará a ter modelos importados, principalmente das unidades de Argentina e Uruguai, além de outras regiões fora da América do Sul. Em comunicado, a montadora confirma a venda dos novos Transit, Ranger, Bronco e Mustang Mach1 no Brasil.

Boletim do Hospital Regional do Seridó confirma 01 óbito por Covid-19 de Jardim de Piranhas e 63,3% de taxa de ocupação de leitos de UTI


Boletim Covid-19

Hospital Regional Telecila Freitas Fontes
11/01/21
▪️
Esse boletim é referente a pacientes internados nas últimas 24 horas no Hospital Regional do Seridó.
▪️
Óbito por COVID-19 no HRS em
11/01/21
📍Jardim de Piranhas – 01

▪️
Confira na íntegra o boletim diário estadual no site: http://www.saude.rn.gov.br ou @governodorn
▪️
Se puder #fiqueemcasa
Se sair #usemáscara
▪️
Instagram: @hrserido
Fone: 84 3421-9620
Ouvidoria: 84 98184-2042
3232- 5385/ 3232-3536
(SESAP) – 136
ouvidoriahrsrn@gmail.com
Coordenação de Informações & Mídias HRS

Eleitor tem até esta semana para justificar ausência no 1º turno


O eleitor que não compareceu às urnas no primeiro turno das eleições municipais de novembro tem até esta semana para justificar a ausência. Caso o procedimento não seja realizado, será preciso pagar uma multa. Quem não regularizar a situação pode ficar sujeito a restrições.

O prazo vence na quinta-feira (14) para quem faltou ao primeiro turno das eleições municipais 2020. Para o segundo turno, o limite é 28 de janeiro.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recomenda que a justificativa seja feita, preferencialmente, por meio do aplicativo e-Título, disponível para celulares com sistemas operacionais Android ou iOS.

O procedimento pode ser feito também pela internet, por meio do Sistema Justifica. Ou ainda de modo presencial, no Cartório Eleitoral. Em qualquer um dos casos, o eleitor precisará preencher um Requerimento de Justificativa Eleitoral (RJE), descrevendo por que não votou. O TSE pede que seja anexada documentação que comprove a razão da falta.

Isso porque o RJE pode ser recusado pela Justiça Eleitoral, se a justificativa não for plausível ou se o formulário for preenchido com informações que não permitam identificar corretamente o eleitor, por exemplo.

Se tiver o requerimento negado, para regularizar a situação o eleitor precisará pagar a mesma multa de quem perdeu o prazo para a justificativa. O valor da multa pode variar, de acordo com o estipulado pelo juízo de cada zona eleitoral. Existe a possibilidade de o eleitor solicitar isenção, se puder comprovar que não tem recursos para arcar com a penalidade.

Cada justificativa é válida somente para o turno ao qual o eleitor não compareceu por estar fora de seu domicílio eleitoral. Ou seja, se não tiver votado no primeiro e no segundo turno da eleição, terá de justificar a ausência de cada um, separadamente, obedecendo aos mesmos requisitos e prazos de cada turno.

Nas eleições 2020 foi registrada abstenção recorde tanto no primeiro (23,14% do eleitorado) quanto no segundo (29,5%). Quando foram realizadas as votações, o Brasil tinha 147.918.483 eleitores aptos a votar.

A justificativa para a ausência é necessária porque o voto é obrigatório para quem tem entre 18 e 70 anos, conforme o Artigo 14 da Constituição. Quem não justificar e não pagar a multa para regularizar a situação junto à Justiça Eleitoral fica sujeito a uma série de restrições legais, impedido de: 

– obter passaporte ou carteira de identidade;

– receber vencimentos, remuneração, salário ou proventos de função ou emprego público, autárquico ou paraestatal, bem como fundações governamentais, empresas, institutos e sociedades de qualquer natureza, mantidas ou subvencionadas pelo governo ou que exerçam serviço público delegado, correspondentes ao segundo mês subsequente ao da eleição;

– participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, dos territórios, do Distrito Federal, dos municípios ou das respectivas autarquias;

– obter empréstimos nas autarquias, nas sociedades de economia mista, nas caixas econômicas federais e estaduais, nos institutos e caixas de Previdência Social, bem como em qualquer estabelecimento de crédito mantido pelo governo, ou de cuja administração este participe, e com essas entidades celebrar contratos;

– inscrever-se em concurso ou prova para cargo ou função pública, e neles ser investido ou empossado;

– renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo;

– praticar qualquer ato para o qual se exija quitação do serviço militar ou imposto de renda;

– obter certidão de quitação eleitoral;

– obter qualquer documento perante repartições diplomáticas a que estiver subordinado.

Inep antecipa em meia hora o acesso aos locais de provas do Enem


Responsável por organizar a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) decidiu que, este ano, o acesso aos locais de prova será liberado mais cedo que de costume. A medida visa a evitar aglomerações e a consequente disseminação do novo coronavírus. 

Em uma nota divulgada hoje (11), o instituto informou que os portões dos locais de aplicação dos testes serão abertos às 11h30 (horário de Brasília), e fechados às 13 h - meia-hora antes do início das provas. 

Mais de 5,783 milhões de candidatos se inscreveram para participar do exame. As provas estão agendadas para 17 e 24 de janeiro (versão impressa), e  31 de janeiro e 7 de fevereiro (versão digital).  

As datas, no entanto, estão sendo questionadas judicialmente por órgãos públicos e entidades que apontam o risco de candidatos e funcionários contraírem a covid-19 devido à reunião de pessoas em locais fechados. 

Na sexta-feira (8), a Defensoria Pública da União (DPU) recorreu à Justiça Federal para tentar adiar a realização do exame. No mesmo dia, a União Nacional dos Estudantes (UNE) e a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) acionaram o Ministério Público Federal (MPF) com o mesmo propósito. Além disso, 50 entidades científicas divulgaram uma nota conjunta em que apontam a “necessidade urgente” de que a realização das provas do Enem sejam adiadas “para outro momento no qual os índices de transmissão e a capacidade de resposta dos serviços de saúde estejam dentro de níveis aceitáveis”. Entre as organizações signatárias estão a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC); a Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco); a Associação de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (Anped) e a Associação Brasileira de Enfermagem (ABEn). 

Em resposta às críticas, o Ministério da Educação afirmou que regras específicas foram estabelecidas para reduzir as aglomerações nos locais de prova e, assim, garantir a segurança dos candidatos e funcionários que participarão do exame. Os principais procedimentos de segurança estão detalhados em dois editais publicados pelo Inep, o nº 54 e o nº 55 cuja observância é obrigatória. 

Enem

Realizado anualmente desde 1998, o Enem tem o propósito de avaliar o desempenho escolar dos estudantes que concluem o ensino médio, mas muitas faculdades utilizam a nota dos participantes para selecionar seus novos alunos. 

O exame conta com uma redação e 45 questões em cada prova das quatro áreas de conhecimento: linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; e matemática e suas tecnologias. Ao todo, o Inep confirmou 5.783.357 inscrições para o Enem 2020.

Com presença do ministro da Infraestrutura, parte do viaduto do Gancho de Igapó é liberada em Natal


O tráfego de veículos na travessia superior do viaduto do Gancho do Igapó, na zona norte de Natal, foi liberado, nesta segunda-feira (11), em cerimônia oficial com a participação do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, e do diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), general Santos Filho. Também participaram da liberação os ministros Rogério Marinho e Fábio Farias. 

Com essa liberação parcial do viaduto do Gancho do Igapó, não será mais necessário utilizar desvios para os fluxos de veículos que circulam nos sentidos: Ceará-Mirim – Centro de Natal, bem como no sentido Centro de Natal – Ceará-Mirim. As equipes do DNIT trabalham na conclusão do sistema de drenagem e pavimentação das vias marginais.

Com essa liberação parcial do viaduto do Gancho do Igapó, não será mais necessário utilizar desvios para os fluxos de veículos | Foto: Ministério de Infraestrutura

De acordo com o DNIT, posteriormente, para a segunda fase de serviços, estão previstas a conclusão da construção do sistema de drenagem complementar e a construção do Túnel Y, além de algumas obras complementares, incluindo passarelas, que vão proporcionar mais segurança aos pedestres. A conclusão dos serviços está prevista para 2022.

No evento, o ministro Tarcísio Gomes de Freitas ressaltou a importância do trecho liberado para a região e para o Aeroporto de São Gonçalo do Amarante. “É uma alegria muito grande entregar essa obra, que não vai parar por aí. Estamos liberando hoje a travessia superior e, imediatamente, começamos o Túnel Y que também será importante para a região”, ressaltou. Gomes também citou que a obra do Complexo beneficiará o acesso ao Aeroporto de São Gonçalo, que deve ser leiloado em 2021, passando para uma nova concessionária. 

Ainda segundo o órgão, o conjunto de obras em execução no Complexo Viário do Gancho do Igapó pretende trazer melhorias na trafegabilidade e na segurança desse corredor urbano de Natal, por onde circulam cerca de 50 mil veículos/dia. Atualmente, o empreendimento cruza em nível com a BR-101/406/RN.

Complexo Viário de Igapó - As obras executadas pelo DNIT no Complexo Viário compreendem a adequação de capacidade da rodovia federal, com a construção do viaduto para o tráfego da BR-101/RN e de um túnel com dois ramos para o tráfego da zona norte. Também preveem a implantação de marginais de acesso ao comércio local e demais obras complementares, como as passarelas. Quando concluído, o Complexo Viário vai operar em três níveis distintos, o que possibilitará aos veículos realizar conversões sem a necessidade da implantação de semáforo.

O segmento que abrange a obra é um importante corredor urbano de deslocamento da zona norte de Natal, pois faz a ligação da capital potiguar com a BR-101/406/RN. A rodovia também possibilita a ligação da Região Metropolitana de Natal com o Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante, reduzindo o tempo de deslocamento de pessoas, de serviços e de turistas, fundamentais para o desenvolvimento do estado.



Inscrições para o Encceja 2020 começam nesta segunda-feira


Nesta segunda-feira (11) foram abertas as inscrições para o Encceja 2020, Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos . 

A inscrição no exame é voluntária e gratuita, e deve ser feita até 22 de janeiro, pela internet, no Sistema Encceja.

Os interessados em concluir o ensino fundamental devem ter, no mínimo, 15 anos de idade completos na data da prova. Já para o certificado do ensino médio, a idade mínima exigida é 18 anos. 

Caso necessário, o participante poderá solicitar, durante a inscrição, atendimento especializado para o dia da prova.

Também a partir de segunda-feira, os inscritos que tiveram recusada a justificativa de ausência no Encceja 2019 e entraram com recurso poderão conferir os resultados. 

A justificativa é obrigatória para os participantes do Encceja Nacional 2019 que não fizeram o exame em todas as áreas do conhecimento nas quais se inscreveram e que desejam realizar a edição de 2020.

Se o inscrito não justificou a ausência na edição de 2019 ou teve a justificativa reprovada, deverá ressarcir ao Inep o valor de R$ 40 reais por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU) .

A Guia será gerada pelo sistema ao final do ato de inscrição é pode ser paga em qualquer banco, casa lotérica ou agência dos Correios.

Aplicação do Encceja 2020 será no dia 25 de abril e ocorrerá em todos os estados e no Distrito Federal.

Governo divulga calendário de pagamentos do Bolsa Família em 2021


O Ministério da Cidadania divulgou, nesta segunda-feira (11), o calendário anual de pagamentos dos benefícios do Programa Bolsa Família para 2021. As informações foram publicadas no Diário Oficial da União. Em janeiro, o pagamento será feito entre os dias 18 e 29.  

Programa com 14 milhões de famílias inscritas, o Bolsa Família paga os beneficiários conforme o dígito final do Número de Identificação Social. 

Os depósitos ocorrem sempre nos dez últimos dias úteis de cada mês. As datas já haviam sido divulgadas pela Caixa Econômica Federal, responsável por operar o Bolsa Família. Confira o calendário: 

Calendário de pagamento do Bolsa Família - ano 2021
Calendário de pagamento do Bolsa Família em 2021 | Ministério da Cidadania/Divulgação

Migração

Em dezembro, a Caixa começou a migração dos beneficiários que ainda sacam o Bolsa Família exclusivamente com o Cartão Cidadão para a conta poupança social digital. Usada no pagamento do auxílio emergencial, a conta poupança permite o pagamento de boletos e de contas domésticas (como água, luz e gás).

Nenhum comentário: