sexta-feira, 5 de março de 2021

Fátima Bezerra determina toque de recolher das 20h às 6h de segunda a sábado e em tempo integral no domingo


A governadora Fátima Bezerra seguiu a recomendação do Comitê Científico e determinou a ampliação do toque de recolher para todo o Rio Grande do Norte.

A medida valerá das 20 horas às 6 horas de segunda-feira a sábado e em tempo integral no domingo. O novo horário do toque de recolher começa a valer a partir desde sábado (6), quando deve ser oficializado no Diário Oficial do Estado (DOE).

Sobre o toque de recolher no domingo, a governadora informou que os estabelecimentos essenciais para a segurança alimentar podem continuar funcionando. “Supermercados, padarias, feiras e outros estabelecimentos de alimentação podem funcionar. O deslocamento fica restrito para casos de emergência e para quem vai trabalhar em serviços essenciais”, esclareceu.

Na entrevista coletiva, Fátima afirmou que o endurecimento das medidas é necessário para combater o coronavírus. “Quero dizer nesse momento que o governo está fazendo sua parte e agora conclamamos a população para fazer sua parte. É um momento de união que exige atitudes e gestos concretos com esses. É preciso muito rigor nas medidas protetivas e seguir rigorosamente os decretos, especialmente a questão toque de recolher para que a gente possa cuidar da saúde do povo do RN. Não podemos nos acomodar”, disse.

De acordo com a governadora, outras medidas anunciadas no decreto anterior seguem valendo, como a suspensão das aulas presenciais na rede privada, funcionamento de parques públicos, circos, clubes sociais e esportivos e atividades religiosas. “O RN vive um pré-colapso no seu sistema de saúde. Todos os esforços para disponibilizar mais leitos estão sendo feitos, mas isso tem limites, como a crise para a aquisição de insumos para esse atendimento. Não vou iludir a população do RN dizendo que basta abrir leitos de UTI para resolver. Não basta”, reforçou. 

Fátima Bezerra ainda acrescentou: “Nesse momento se faz urgente aumentar os isolamento social. Isso passa naturalmente pela adoção de medidas mais restritivas no que diz respeito à ampliaçao do toque de recolher. É uma determinação e, portanto, deve ser obedecida em todo o RN”. 

Como anunciado na última semana, as forças de segurança serão responsáveis pela fiscalização do cumprimento da determinação do toque de recolher. “Vamos contar com as forças de segurança para fazer valer o cuprimento do decreto. É importante destacar que essas medidas se fazem mais duras considerando a baixa taxa de vacinação em todo o país”, declarou.

Com a situação de lotação dos leitos de UTI para tratamento da covid-19, a governadora voltou a destacar que o momento da pandemia no RN é de gravidade. “Não podemos nos omitir. O cenário é de guerra e exige medidas duras e enérgicas e é o que estamos fazendo. Contando com a colaboração de toda a sociedade”, endossou a governadora.

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap-RN) informou que quase todas as recomendações feitas pelo comitê científico serão seguidas. No entanto, ainda não foram detalhadas quais ações serão efetivadas pelo governo do estado. Veja AQUI todas as orientações enviadas ao Executivo Estadual. 

O toque de recolher foi iniciado no último fim de semana com horário das 22h às 5h.

Nenhum comentário: