sexta-feira, 8 de março de 2013

Clóvis Pereira retorna a comandar programa de rádio em Caicó



No mês de março de 1976, Clóvis Pereira (Pituleira) começava sua trajetória no rádio potiguar. O primeiro passo para a sua carreira de radialista, surgiu com o convite feito pelo radialista Dedé Germano, que fazia a resenha esportiva na Rádio Rural AM de Caicó e precisava de alguém que entendesse de futebol. 

“Como ele sabia que eu era muito ligado no rádio e gostava de futebol, ele falou com Padre Tércio e desde o dia 23 de março de 76 que eu estou nessa até hoje”, disse Pituleira.

Ele afirmou que já atuou na Rádio Rural AM de Caicó, Seridó AM, Rádio Caicó AM, além da Rádio Nordeste de Natal. Clóvis destacou que teve o prazer de trabalhar com uma das lendas do rádio do Nordeste, o saudoso Aldir Dudman.

Na Rádio Nordeste, Clóvis era o segundo narrador esportivo e repórter de pista, quando Aldir narrava os jogos.

“Em todas as emissoras que trabalhei, eu fui líder de audiência. Na Rádio Rural, eu destaco o Show da Cidade, na Rádio Seridó, A Hora do Povo e na Rádio Caicó AM, eu fazia o jogo do bicho ao vivo e um programa de comentários, na qual eu dizia o que interessava a população”, salientou.

Segundo Clóvis, o rádio continua sendo o maior veículo de comunicação do mundo, apesar do avanço da Internet e de outros veículos de comunicação.

Clóvis retorna ao rádio

Clóvis Pereira confirmou que está de volta ao rádio e está montando com uma equipe de amigos, um programa chamado A HORA DO PITU, que vai ao ar todos os sábados, a partir das 10 horas da manhã, a partir do dia 09 de março.  

O programa será diversificado e terá política, futebol, cultura, humor, entrevistas, menos notícias policiais. Clóvis ressaltou que o programa também terá polêmicas e entrevistas políticas apimentadas e vai procurar discutir e debater Caicó e o Rio Grande do Norte.

“A minha equipe será uma equipe dinâmica e terá o interesse de levar a informação para o grande público”, disse.  

Futebol
Ao fazer uma análise sobre o futebol no Rio Grande do Norte, Clóvis Pereira ressalta que o mesmo está atrasado. 

Ele destaca que a Federação Norte-Rio-Grandense de Futebol não tem força nenhuma e ainda acrescenta que o ABC e América só pensam neles. “Os clubes do interior são sazonais, só se armam para disputar o Estadual; quando termina o Campeonato Estadual, acaba tudo. Estamos fracos e vamos continuar fracos”, comentou.  

Política
Clóvis destacou na política que o cenário para as eleições 2014 já está se desenhando. Ele citou as pré-candidaturas de Robinson Faria, Wilma de Faria, Garibaldi Alves, Walter Alves e até Henrique Alves, como alguns nomes lembrados para disputar o Governo do Estado. Ainda citou o nome de Fátima Bezerra, que poderá disputar o senado federal.  

Coluna Umas e Outras
Outra novidade é que Clóvis Pereira vai voltar com a coluna Umas e Outras, que escrevia no Jornal de Caicó, na época editado pelo jornalista Josenildo Carlos.

Agora, a coluna será publicada no Jornal Correio do Seridó e será no mesmo estilo do programa A Hora do Pitu, com notícias políticas, esportes, cultura, humor e discutindo os assuntos importantes de Caicó e do Seridó, não se esquecendo do cenário estadual.

Por Paulo Júnior
Foto: Ilmo Gomes 

domingo, 3 de março de 2013

Escola de Enfermagem Raimunda Nonata oferece vários cursos em Caicó


A Escola de Enfermagem Raimunda Nonata, localizada no Bairro Paraíba, tem o objetivo de desenvolver ações de promoção, prevenção, recuperação e reabilitação, referenciadas nas necessidades de saúde individuais e coletivas, determinadas pelo processo gerador de saúde – doença, aplicando ativa, consciente e criticamente as habilidades cognitivas, psicomotoras e afetivas, sustentadas para o alcance da assistência de enfermagem habilitada.
A Escola tem como missão: formar profissionais agentes de transformação, tendo em vista uma sociedade solidária; promover a articulação com instituições similares, experenciando a união em torno dos mesmos objetivos; educar pela participação mediante a reflexão e a prática, tendo em vista a formação de profissionais comprometidos eticamente e efetivamente e responsáveis em sua atuação.
Com relação a metodologia de ensino, a proposta pedagógica na prestação de serviços educacionais está pautada numa filosofia inovadora e moderna, respondendo às demandas educativas necessárias, capacitando, preparando e habilitando profissionais para atuarem na área de saúde. A Escola de Enfermagem Raimunda Nonata tem como valores institucionais: solidariedade, responsabilidade, qualidade, eficácia, competitividade, ética e cultura empreendedora.
Em entrevista ao Correio do Seridó, José Alves Filho – Coordenador da Escola de Enfermagem Raimunda Nonata, disse que a Escola está atuando desde fevereiro de 2009 e atualmente já conta com 11 turmas concluintes. "Mais de 80 alunos já estão trabalhando, fruto do nosso trabalho durante todo esse tempo".

Desde o dia 14 de fevereiro, a Escola está com novos cursos, como o Curso Técnico de Segurança no Trabalho e o Curso Técnico em Enfermagem, que vem funcionando há quatro anos.

Para realizar as matrículas na Escola de Enfermagem, os alunos devem comparecer a Rua João Diniz, n.º 10, no Bairro Paraíba, vizinho ao Abrigo dos Idosos, munidos da xerox de todos os documentos pessoais, 2 fotos 3x4, Histórico Escolar de 1.º e 2.º graus e Certificado do Ensino Médio.
Segundo José Alves, a Escola de Enfermagem desenvolve uma metodologia inovadora, com aulas teóricas e práticas. “Tanto na sala de aula, como no laboratório, nós temos aulas. Esse tem sido o nosso diferencial e contribuído para o crescimento da nossa instituição”, enfatizou.
Além dos dois cursos técnicos, a Escola de Enfermagem disponibiliza alguns Cursos de Especialização, como Instrumentação Cirúrgica, Oncologia, Vacinas, Feridas, Socorrista, Cuidador de Idosos. No primeiro domingo de março, a Escola realiza o I Vestibular de Graduação para os cursos de Pedagogia, Administração e Educação Física.
Recentemente, a Escola de Enfermagem recebeu uma correspondência do Ministério da Educação, comunicando que a Escola foi contemplada com o Programa Pronatec, onde o aluno tem direito a uma bolsa para cursar o seu curso técnico, pago com recursos do Ministério da Educação. O aluno faz o curso, o Ministério paga esse cursos e o aluno tem determinado tempo para devolver o dinheiro, após a formatura.
Mais informações sobre a Escola de Enfermagem: 9803-5967, 8891-0045, 9196-3143, 8111-4563.