terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Lauro Antônio defende turismo como solução para geração de emprego e renda

[senador Lauro Antônio (PR-SE)]
A geração de emprego e renda nas diversas regiões do país foi citada pelo senador Lauro Antônio (PR-SE) nesta terça-feira (7) como instrumento importante para a erradicação da pobreza e da desigualdade social no Brasil. Em pronunciamento em Plenário, o senador afirmou que, neste ano que se inicia, um dos principais desafios dos parlamentares e do governo será implementar políticas de geração de emprego e renda que fixem homens e mulheres em suas terras, contemplando as particularidades de cada região.
Para o senador, uma solução é investir em qualificação profissional e também em turismo, setor para o qual, avalia, o Brasil e Sergipe, seu estado, têm enorme potencial. A começar pela capital, Aracajú, com maior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Nordeste e excelente qualidade de vida.
Lauro Antônio citou, por exemplo, o litoral do estado, que conta com uma das 100 praias mais bonitas do mundo, a Praia do Saco, na região de Mangue Seco. Segundo o senador, a construção da Ponte Joel Silveira sobre o rio Vaza-Barris, ligando a região ao norte da Bahia deve acelerar o desenvolvimento da região, atraindo investimentos na área de hotelaria e de turismo. Outra construção importante é a da ponte interligando Sergipe e Alagoas na região da Foz do Rio São Francisco.
O senador defendeu ainda o turismo de negócio, o turismo rural e o histórico como opções viáveis de desenvolvimento da economia em Sergipe. Também sobre o estado, Lauro Antônio afirmou que o solo é fértil e com facilidade para irrigação, devido ao grande número de rios que cortam a região, tornando produtiva a agricultura regional.
- Nosso país é rico em todos os recursos que precisamos para desenvolvê-lo ainda mais e tirar definitivamente nosso povo desta situação de desigualdade social e pobreza extrema. Acredito firmemente que conseguiremos soluções viáveis e criativas para tornarmos nossos estados e municípios lugares mais dignos de se viver - afirmou, ressaltando que esse é um trabalho conjunto dos parlamentares, governos municipais, estaduais e federal.
Da Redação / Agência Senado

Nenhum comentário: