sábado, 8 de março de 2014

Radialista F. Silva desmente informação de que foi contratado para a Rádio Seridó AM

Em contato com o repórter Paulo Júnior (Jornal Correio do Seridó), o radialista F. Silva desmentiu a informação que circulou na rede social Facebook de que ele teria sido contratado pela Rádio Seridó AM. 
F. Silva admitiu que manteve contatos com a direção da Rádio Seridó, mas que não assinou nenhum contrato. Ele admitiu que também conversou com empresários que estão negociando o arrendamento ou compra da Rádio Caicó AM, que pertence ao deputado Vivaldo Costa. 

F. Silva está atualmente na Rádio Caicó AM e dependendo das conversações com os futuros administradores da emissora, ele poderá ficar na Rádio Caicó. 

F. Silva começou sua carreira há 23 anos na Rádio AM Parelhas, hoje Rádio Rural AM de Parelhas, com passagens na Rádio Ouro Branco de Currais Novos, Rádio Currais Novos, Rádio 106 FM de Caicó, Rádio Cabugi do Seridó, Rádio Rural AM de Caicó, Rádio A Voz do Seridó AM e ainda participou da equipe esportiva de Carneirinho Esportivo, na resenha Bola na Rede, na Rádio Caicó AM, a qual ele tem o maior apreço, citando nomes que já trabalhou, como Rovani Lopes, Niltinho Ferreira, Roberto Medeiros, Carlos Roberto Gordurinha, Jota Alves, Fernando Vale e os inesquecíveis Toinho Relojoeiro e Félix Santos. 

Em sua trajetória como narrador de futebol, o radialista F. Silva conheceu o Brasil em termo de estádios de futebol, onde narrou jogos da Seleção Brasileira, Flamengo, Vasco da Gama, Botafogo, Fluminense e outros grandes times do futebol brasileiro. 

F. Silva também já recebeu vários troféus e homenagens, através do reconhecimento como o melhor narrador esportivo de Caicó e região, por várias vezes, em eleição realizada pela Liga Caicoense de Desportos – LCD.

 F. Silva relata que é grato aos ouvintes. “Quem faz o F. Silva comunicador são os ouvintes. Então, isso é muito importante para mim, desde que comecei minha carreira na área da comunicação radiofônica. Tenho experiência em vários programas apresentados, de todos os gêneros: forró, música sertaneja, brega, músicas do passado, jornalismo e reportagens diversas. O ouvinte fez o comunicador F. Silva e continua fazendo, por isso que eu pretendo dar continuidade a carreira de Disc-Jóquei no rádio, comunicando com os ouvintes de todo o Seridó, aqueles que fizeram o meu reconhecido e respeitado na crônica radiofônica do Rio Grande do Norte’, concluiu F. Silva. 

Mudanças no rádio caicoense 

A realidade é que nos próximos dias, mudanças devem acontecer no rádio caicoense e os comunicadores estão inquietos. 

Caso a Rádio Caicó passe a ser administrada por outro grupo, a direção que foi entregue a Hugo Marinho, poderá até mudar. Tudo vai depender da nova parceria que Vivaldo Costa poderá realizar ou não com o empresário Cláudio Ovídio e o publicitário e radialista Gilberto Fernandes. 

O que se espera é que a Rádio Caicó AM retorne o mais rápido possível ao ar e possa continuar exercendo o seu importante papel na comunicação radiofônica seridoense.

Por Paulo Júnior 
Jornal Correio do Seridó 

Nenhum comentário: