domingo, 7 de fevereiro de 2021

Após explosão, cinco casas desabam na Zona Leste de Natal; quatro pessoas morrem

        Foto: Corpo de Bombeiros

Quatro pessoas morreram após uma explosão que culminou com o desabamento de cinco casas no bairro de Mãe Luiza, na Zona Leste de Natal, na madrugada deste domingo (7).

O acidente aconteceu por volta das 3h30 da madrugada no cruzamento entre as ruas Alto da Colina e IV Travessa João XXIII. O Corpo de Bombeiros encerrou as buscas por vítimas e sobreviventes às 7h15, sendo o último corpo resgatado às 6h.

As vítimas fatais foram identificadas como:

Maria Teresa Cristina da Silva, 49 anos

Taís Silva de Oliveira, 18 anos

Maria das Graças Idelfonso, de 57 anos

Maria Luiza Belarmino, 44 anos

Maria Teresa Cristina da Silva e Taís Silva de Oliveira eram mãe e filha.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a casa em que aconteceu a explosão, era uma edificação compartimentada, e desabou completamente. Os parentes das famílias explicaram que a estrutura era dividida em duas casas no andar superior e duas no andar inferior. Além de todas desabarem, uma casa vizinha também foi atingida.

Outras duas pessoas, um casal de idosos, foram encaminhadas para o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, em Natal. Uma delas foi resgatada debaixo dos escombros pelos bombeiros militares. Os dois sobreviventes moravam na casa vizinha à que explodiu e desabou completamente.

O Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) ai investigar o motivo da explosão que causou o desmoronamento. A suspeita inicial é de que tenha sido de um botijão de gás, como o caso foi registrado na ocorrência dos bombeiros.

A área foi completamente isolada pelos bombeiros após resgate. A Defesa Civil vai realizar uma inspeção no trecho para saber se há riscos para as outras estruturas.

Além da PM, do Corpo de Bombeiros, do Samu e da Defesa Civil, também trabalharam na operação de resgate às vítimas equipes da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), da Polícia Civil e da Cosern.

Por Leonardo Erys e Sérgio Henrique Santos, G1 RN e Inter TV Cabugi


Nenhum comentário: