segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Jovem confirma que assassinou o empresário Sevi em Caicó

A Policia Militar de Caicó prendeu Caio Dênis da Silva, 22 anos, acusado de junto com outro jovem matar o comerciante Sevi, na noite desta segunda-feira (12), em Caicó.
Os dois foram localizados no bairro João XXIII. A PM realiza buscas a procura de um carro que teria dado apoio a dupla durante o crime.
A Polícia Militar confirmou que a dupla suspeita de atirar e matar o empresário Sevi Veículos é de Currais Novos e deram os nomes como sendo Pablo Henrique Duarte Silva e Caio Dênis da Silva, 22 anos.
Detalhes de como ocorreu o crime
Os bandidos chegaram a residência do empresário Sevi, situado na Rua Augusto Monteiro nas proximidades do Calçadão e estacionaram uma moto fan sem placa. Ao adentrarem na residência, estava um dos filhos do casal que ligou para o pai vir até em casa.
Ao chegar em casa ao lado do amigo Jair Paulino, houve troca de tiros, onde Sevi  foi baleado com cerca de dois disparos (um na perna e outro na cabeça). Os bandidos fugiram a pé e um deles foi baleado. A polícia prendeu agora a pouco dois suspeitos que foram identificados.
O blog de Robson Pires destacou que  a prisão aconteceu em acompanhamento tático ininterrupto às margens do Rio Barra Nova, no bairro João XXIII. O promotor de justiça, Geraldo Rufino, também está no apoio à Polícia Militar para resguardar a ação policial.
O corpo do empresário já foi retirado do local pelo ITEP de Caicó. Informações que o outro empresário que acompanhava Sevi não foi atingido na ação criminosa porque rolou pelo chão, mesmo assim os bandidos ainda tentaram acertá-lo.

Empresário Sevi Veículos troca tiros com bandidos em tentativa de assalto e morre em Caicó

A Polícia Militar recebeu informações que houve uma tentativa de assalto à residência do empresário Sevi Veículos, na noite dessa segunda feira, 12 de dezembro.
A residência fica localizada na Rua Augusto Monteiro, no centro da cidade, próximo ao Calçadão. A Polícia agiu rapidamente e está em diligências em busca dos suspeitos.
Informações preliminares dão conta que o empresário reagiu ao assalto e veio a óbito. É a segunda vez que Sevi foi assaltado em sua própria residência.