quarta-feira, 5 de março de 2014

PPS não definiu apoio em nível estadual, esclarece Francielle

Passado o Carnaval, o Partido Popular Socialista iniciará uma série de conversas com demais partidos do Rio Grande do Norte para definir alianças para o pleito de 2014. A única posição acertada é o apoio nacional ao projeto do PSB e Rede, com Eduardo Campos e Marina Silva.

Questionada pela imprensa nesta terça-feira (04) sobre como caminhará o partido no Estado, Francielle Lopes, presidente do PPS caicoense, destacou que o partido iniciará diálogos para decidir sobre apoio a pré-candidaturas de Governo e Senado, bem como alianças e coligações.

“Agora em março, teremos uma programação política que valorize o PPS. A executiva estadual vai começar a consultar os filiados sobre qual a melhor opção a ser tomada em 2014, foi o que me garantiu Wober Junior”, explicou Francielle Lopes.

O presidente estadual da legenda, Wober Junior, justificou sua ausência no encontro que marcou o anuncio da pré-candidatura de Francielle Lopes. “Sou uma mulher de partido e disse a Wober que estou a disposição para reconquistar a vaga do PPS na Assembleia Legislativa”, afirmou a caicoense.

Foto: Ilmo Gomes 

Nenhum comentário: