domingo, 16 de outubro de 2011

Jaqueline recebe alta do hospital; lesão deve tirá-la da Copa do Mundo

Jaqueline chega ao hotel da seleção após deixar o hospital e encontra a líbero Fabi
Jaqueline chega ao hotel da seleção após deixar o hospital e encontra a líbero Fabi 

A ponteira Jaqueline recebeu alta neste domingo e vai voltar à concentração da seleção feminina de vôlei em algumas horas. A atleta teve uma concussão cerebral e uma fratura cervical, mas recuperou-se bem e foi liberada do hospital no qual ela estava internada em Guadalajara, sede dos Jogos Pan-Americanos do México. Entretanto, a presença da jogadora na Copa do Mundo de vôlei, principal competição do Brasil no ano, está praticamente descartada.

VISITA ESPECIAL

Jaqueline recebeu uma visita especial na manhã deste domingo no Hospital Real San Jose, em Guadalajara. O presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) foi acompanhar a recuperação da atleta e levou um buquê de flores para a jogadora.
“Serão feitos exames no decorrer do tratamento para ter uma noção da recuperação. Ela sairá com um colar na cervical, e ficará oito semanas com ele. No decorrer do período vamos avaliar para que ela tenha uma volta absolutamente segura”, disse João Grangeiro, médico do Comitê Olímpico Brasileiro (COB). Com isso, Jaqueline deve perder a Copa do Mundo, que vale vaga nos Jogos Olímpicos de Londres-2012. A competição será disputada no Japão a partir do dia 4 de novembro.
Jaqueline deixou o Hospital San Jose, em Guadalajara, no início da tarde deste domingo. Ainda com o colar cervical, ela saiu caminhando e não falou com a imprensa. A indicação médica para Jaqueline agora é de repouso e imobilização. Ainda não foi decidido se a atleta permanecerá com a delegação brasileira em Guadalajara ou se voltará ao Brasil antes do final do Pan.

De qualquer forma, a jogadora vai encontrar as companheiras de seleção ainda hoje. "É uma notícia extremamente positiva, pois o trauma da atleta poderia ter consequências maiores. Felizmente não foi o caso. O quadro clínico da atleta é bem satisfatório, e ela vai ter alta hoje e se reintegrar ao grupo, voltar ao convívio das jogadoras do seu time, o que é extremamente importante do aspecto psicológico”, disse Grangeiro.

A contusão de Jaqueline aconteceu na noite deste sábado nno início do segundo set da partida contra a República Dominicana, no jogo que marcou a estreia do Brasil no Pan. A ponteira bateu a parte de trás da cabeça na cabeça da líbero Fabi e ficou alguns minutos deitada na quadra. Jaqueline foi retirada de maca e removida para o Hospital Real San Jose.

No hospital, Jaqueline passou por uma tomografia computadorizada e uma ressonância magnética, ficando constatadas a concussão cerebral e a fratura cervical, sem lesão na medula.
 Em quadra, o Brasil superou o susto com Jaqueline e venceu a República Dominicana por 3 sets a 1. A seleção volta a jogar neste domingo, às 23h (de Brasília), contra o Canadá.

Gustavo Franceschini
Em Guadalajara (MEX) 

Nenhum comentário: