segunda-feira, 5 de março de 2012

Portal de Notícias tem novo visual

O Senado colocou no ar sexta-feira (2) o novo padrão visual de seu Portal de Notícias. Em fevereiro, as demais páginas do Senado já haviam mudado para o novo visual.
O novo layout é mais limpo e tem nova organização dos menus. O menu Conteúdo facilita o acesso às notícias mais recentes, em ordem cronológica; à agenda de atividades do Senado; aos pronunciamentos dos senadores na última sessão; às melhores fotos do dia; e a materiais especiais como os textos Entenda o Assunto, que explicam os temas mais recorrentes do noticiário do Parlamento; o Glossário Legislativo, que esclarece termos comuns do jargão legislativo e político; e os Suplementos, que são páginas especiais sobre assuntos como o Código Florestale a reforma política.
O internauta pode acessar as notícias mais recentes, organizadas por assuntos, também por meio do menu Editorias. Já em Multimídia são apresentados vídeos e áudios sobre as principais notícias.
Os cidadãos ainda podem acompanhar o que acontece no Senado por meio das redes sociais. O Portal de Notícias do Senado está presente no Facebook, no Twitter e no Flickr. Quem desejar também pode utilizar os aplicativospara smartphones ou receber em seu endereço eletrônico a newsletter diária, disponíveis no menu Serviços, no Portal de Notícias.
Para o público internacional, são fornecidas semanalmente uma edição especial em inglês e uma edição emespanhol das notícias do Senado. 
 O novo padrão visual do Portal de Notícias foi elaborado pela Subsecretaria de Projetos Especiais (Supres), subordinada à Secretaria Especial de Comunicação Social (Secs). A execução ficou a cargo da Secretaria Especial de Informática (Prodasen) e da Secs.
O Portal de Notícias, administrado pelas secretarias Agência Senado e Jornal do Senado, estreou também novo sistema de publicação, baseado em software livre Zope/Plone.
A página do Senado na internet registrou crescimento de 12% no número de acessos no ano passado em relação a 2010, alcançando cerca de 296 milhões de visualizações.
Agência Senado

Nenhum comentário: